100 Dias que Abalaram o Regime

Vários Autores (Autor) Vários (Autor) Comemoração do 50.º Aniversário da Crise Académica de 1962 Lançado em abril de 2012 Edição em Português
    • 100 Dias que Abalaram o Regime_0
    100 Dias que Abalaram o Regime

    Venda o seu 100 Dias que Abalaram o Regime com apenas alguns cliques,
    em fnac.pt

    1. Vende o teu produto
    2. Um cliente compra o teu produto
    3. Envia o teu produto
    4. Recebe o pagamento
    Passar para conta Pro!
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento abril 2012
      Editor Tinta da China

      Ver todas as características

    • co-edição: Universidade de Lisboa
      prefácio: António Sampaio da Nóvoa, J.M. Brandão de Brito e João Marecos
      coordenação: Artur Pinto

      O comunicado n.º0, de 26 de Março de 1962, assinado pelas Associações de Estudantes, relatava os factos que deram origem à Crise Académica de 62, que se prolongaria por mais cerca de quatro meses. De permeio, assistiu-se a uma greve às aulas e aos exames nas universidades de Lisboa, Coimbra e Porto, a muitas cargas policiais algumas com invasão de instalações universitárias, ao pedido de...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  11,61 €
    • 1 novo desde 12,02 €  
    • Todas as ofertas
      • 12,02 € Custos de envio +4,44 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Imosver
        (5564)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição 100 Dias que Abalaram o Regime

    co-edição: Universidade de Lisboa
    prefácio: António Sampaio da Nóvoa, J.M. Brandão de Brito e João Marecos
    coordenação: Artur Pinto

    O comunicado n.º0, de 26 de Março de 1962, assinado pelas Associações de Estudantes, relatava os factos que deram origem à Crise Académica de 62, que se prolongaria por mais cerca de quatro meses. De permeio, assistiu-se a uma greve às aulas e aos exames nas universidades de Lisboa, Coimbra e Porto, a muitas cargas policiais algumas com invasão de instalações universitárias, ao pedido de demissão do reitor da Universidade Clássica de Lisboa, Prof. Marcelo Caetano e à prisão, na noite de 10 para 11 de Maio, dos 1200 estudantes que se encontravam na cantina universitária em solidariedade com os seus colegas que faziam a Greve de Fome.
    Naturalmente que o poder reagiu de forma violenta. Para além da repressão policial directa, expulsou dezenas de estudantes das universidades, chamando outros, intempestivamente, para o serviço militar. E, no entanto, nunca o governo conseguiu abafar a voz dos estudantes ou destruir as suas associações.
    É de toda esta rica experiência de luta que se fala neste livro, pela voz de muitos dos seus principais intervenientes. As diversas fases da luta estudantil podem ser acompanhadas através de uma completa cronologia que abarca o período que vai de 1952 a 1962.

    Características detalhadas100 Dias que Abalaram o Regime

    • Autor Vários Autores
      Vários
    • Editor Tinta da China
    • Data de lançamento abril 2012
    • EAN 978-9896711177
    • ISBN 9789896711177
    • Dimensões 14 x 21 cm
    • Nº Páginas 152
    • Encadernação Capa mole

    OUTRAS OBRAS de Vários Autores

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES 100 Dias que Abalaram o Regime

    Condições de Utilização

    Ver também

      Vais ser redirecionado para fora da fnac.pt

      Ao clicar em "download" vais ser redireccionado para o site kobo.com onde poderás fazer download do título selecionado utilizando os dados de acesso da tua conta Fnac. Caso não tenhas uma conta Fnac, terás de criar uma conta em Kobo.com para usufruíres de todas as funcionalidades e vantagens Kobo.

      Atenção Ocorreu um erro, por favor, tenta novamente mais tarde.