Tecnologia

4 dicas para criares vídeos para redes sociais

BlogFNAC
Por BlogFNAC
Em 30/03/2020
572
4 dicas para criares vídeos para redes sociais

Já há algum tempo que tens a ideia de fazer um canal no YouTube com reviews sobre produtos de tecnologia ou how to's de maquilhagem? Ou criar uma página no Instagram para dar dicas de alimentação saudável? Seja qual for o tema que gostavas de abordar, se tens o sonho de ser um YouTuber, Influencer, no fundo, um criador de conteúdo, então chegou a altura certa!

Com mais tempo em casa, podes começar a pensar em vários pontos que te vão ajudar a levar este projeto para a frente. E também a escolheres o equipamento ideal para fazeres os teus vídeos. Neste artigo, vamos dar-te algumas dicas essenciais para começares a criar os teus conteúdos de vídeo para redes sociais.

 

 

1. DEFINIR QUEM É O TEU PÚBLICO

 

Em primeiro lugar, e um ponto fulcral, seja qual for o tipo de conteúdo que queres começar a produzir (vídeo, fotografia, escrita) tens de definir qual a área e/ou temas que queres abordar. Tens de ter em consideração que deve ser uma área onde te sintas à vontade, seja tecnologia, moda, gaming, maquilhagem, bricolage, livros, ilustração, música... O importante é que seja mesmo algo que tu gostas e te sintas confortável a falar ou a fazer, pois isso tornará os teus vídeos muito mais espontâneos e interessantes.

 

escolher-audiencia

 

Definido o rumo que queres dar aos teus conteúdos, está na hora de pensares na linguagem que deves utilizar. E, neste ponto, além de estar relacionado com o tipo de temática que vais abordar, também deve estar ligado com o público que queres alcançar. Podes, por um lado, ter uma linguagem mais técnica ou mais acessível. Por outro lado, ter uma abordagem mais formal ou informal. Falar de forma mais jovial e com expressões próprias da faixa etária ou ter uma comunicação mais cuidada e com jargões técnicos. Damos o exemplo do mundo do gaming, onde, para te inserires, tens de conhecer alguma linguagem mais específica desse universo. Convém saberes o que é um boss, ou perceberes o que significa o jogo estar com lag. Tudo isto para não seres considerado um noob.

 

Este é o primeiro passo para um bom conteúdo: conheceres o teu público e saberes falar com ele.

 

 

2. DEFINIR EM QUE REDES QUERES ESTAR PRESENTE

 

Fazeres um canal no YouTube, não significa que não possas ter um blog ou uma página no Instagram. Aliás, todas as redes podem e devem complementar-se. O essencial é perceberes que um vídeo para o YouTube não é a mesma coisa do que um vídeo para o Instagram ou para o Facebook, tanto a nível de formato como de tempo. Se no YouTube as pessoas estão dispostas a ver vídeos mais longos e no formato horizontal (16:9), no Instagram tudo se passa mais rapidamente e as pessoas param pouco tempo em cada publicação do feed, sendo o tempo ideal entre 30 a 45 segundos, no entanto deves prender a sua atenção nos segundos iniciais. Em relação ao formato, deve ser vertical, porque poucas são as pessoas que querem rodar o smartphone, e idealmente na proporção 4:5, pois é aquele que ocupa mais espaço no ecrã. Já se estivermos a falar de uma story, ideal para promoveres os teus novos vídeos com o swipe up, o tempo não pode passar os 15 seg. e deve ser filmado na vertical (9:16).

ideal-video-formats

Para este passo, deves também perder um pouco de tempo a estudar e investigar quais os melhores formatos, tempos e formas de captar a atenção dos teus espetadores. Já existe muita informação na net sobre este tipo de temas, dedica-te e vais ver que será uma grande ajuda para o sucesso do teu projeto.

Mas atenção: não existe uma fórmula secreta para teres sucesso nas plataformas digitais. Deves ir tentando, até perceberes o que melhor se adequa ao teu conteúdo e ao teu público.

 

Este é o segundo passo para um bom conteúdo: saber em que redes queres estar presente e adaptar o teu conteúdo a cada uma delas.

 

 

3. CRIAR CALENDÁRIO DE PUBLICAÇÕES

 

Além de saberes sobre o que queres falar no teu conteúdo, é importante definires o tipo de vídeo que queres fazer. Se queres ser o primeiro a falar das novidades da tua área de expertise, se te queres reger pelas tendências do momento ou se queres ter uma calendarização baseada em efemérides...

Deves ter alguma variedade de conteúdos, por exemplo, se a tua praia é a tecnologia, podes pensar em fazer reviews de produto, unboxing, quem sabe até testes entre modelos diferentes. O mais importante é que tenhas criatividade nos formatos que vais criar e fazeres algo diferente do que já está a ser feito, de forma a que te destaques dentro da tua área.

escolher-conteudo-certo

O que consideramos mesmo essencial, é que tenhas publicações com bastante regularidade nas tuas plataformas digitais. Para isso, sugerimos que penses nos conteúdos que queres produzir para cada uma das redes sociais e que os organizes num calendário, para garantir que tens uma frequência certa de publicações.

 

Este é o terceiro passo para um bom conteúdo: teres uma boa frequência de publicações nas diferentes redes sociais.

 

 

4. MONTAR O TEU SET UP

 

Seja para filmar no interior ou no exterior, precisas de ter material apropriado para os 2 cenários: para fazer vlogs, falar sobre sugestões de livros, fazer tutoriais de maquilhagem, dar a tua opinião sobre um novo smartphone… Hoje em dia, com cada vez mais pessoas a criar conteúdos, tens de conseguir destacar-te essencialmente pela tua criatividade, mas a qualidade e cuidado que tens na produção do teu vídeo são também essenciais. Para isso, vamos dar-te algumas dicas de material para teres produções com uma boa qualidade e, claro, fazeres a edição dos vídeos:

 

* GARANTIR QUALIDADE DE IMAGEM E SOM:

 

Existem vários pontos que são essenciais para que tenhas uma boa qualidade de imagem. Enganas-te se achas que basta só uma boa máquina… De facto, uma boa máquina é fulcral, mas, quando estás a filmar dentro de casa, nem sempre tens uma boa luz, por isso é também importante investir na iluminação dos teus vídeos. Um Ring Light vai ajudar-te a resolveres esse problema, é fácil de utilizar e ilumina a tua cara e o cenário envolvente. Para este efeito, aconselhamos a NanGuang CN-MP32C da Nanlite, esta inclui um espelho e montagem de rosca/hotshoe, que permite que apliques tanto na máquina como no smartphone, além disso funciona através de microUSB ou a pilhas (para que o possas levar para qualquer lado).

 

Mas claro, não poderíamos falar de qualidade de imagem, sem falar de máquinas de vídeo e fotografia. Para isto, sugerimos 2 máquinas que foram lançadas no mercado há pouco tempo, a Canon EOS M200 e a Fujifilm X-T200. Estas duas máquinas vão fazer um bom trabalho tanto na área do vídeo como da fotografia, pois também vais precisar de tirar boas fotos para as redes sociais. Ambas têm ecrãs rotativos, o que é uma excelente característica para fazeres vídeos tanto a andar na rua como em casa, pois podes virar o ecrã para o lado da objetiva e estares sempre a acompanhar o que estás a filmar. Estes 2 modelos estão na categoria mirrorless e, por isso, são compactas e leves, mas também te permitem a troca de objetivas, o que lhes dá uma maior versatilidade.

 

filmar-video-em-casa

 

Para acompanhar a qualidade de vídeo, vais também precisar de um bom microfone para a câmara, de forma a captares o áudio com boa resolução. Os microfones da Rode são uma excelente opção e, para quem está a começar, aconselhamos o VideoMicro Digital com fios, que te dá boa qualidade tanto em casa, como na rua cortando os ruídos de fundo e atenuando o vento.

 

Se, por outro lado, preferes algo mais portátil do que uma câmara mirrorless, podes sempre optar por um smartphone que, além de permitir gravar os teus vídeos, ainda te pode ajudar na altura da edição, com apps específicas para essa função. Começamos por te sugerir o Samsung Galaxy S20 Ultra, que chegou ao mercado para revolucionar o vídeo em smartphones, com resolução 8K, em relação à foto podes contar com 4 câmaras, sendo a principal de 108MP. Já no Huawei Mate30 Pro podes contar com timelapse de nível profissional, graças à regulação de velocidade, intervalos e ISO, com qualidade 4K, câmara lenta até 7680fps em 720p HD e efeito Bokeh em vídeo, graças à câmara 3D Depth Sensing, que permite a medição da profundidade. E, claro, por último, mas não menos importante, o iPhone 11 Pro, com modo noite melhorado, vídeo 4K a 60fps (frames por segundo), com uma definição realista, nítida e com movimento fluído. Além disso, com a câmara frontal podes filmar vídeos em slowmotion com boa qualidade e tem um excelente efeito bokeh.

 

filmar-em-casa-com-smartphone

 

Apesar de todos os smartphones referidos anteriormente terem uma boa estabilização interna, uma ajuda é sempre bem vinda, para garantir que os teus vídeos ficam perfeitos. Para isso, tens de conhecer o estabilizador Osmo Mobile 3, da DJI, especialmente desenhado para ser utilizado com um telemóvel.

E, claro, para puderes guardar todo o equipamento em segurança, precisas de uma mochila desenhada para isso. Sugerimos-te a Mochila Peak Design Everyday 20L, preparada para acomodar todo o material de vídeo e foto.

 

* EDIÇÃO FLUÍDA E SEM PROBLEMAS:

 

A par de um programa de edição, é necessário que tenhas um bom portátil para fazeres a pós-produção dos teus vídeos. Um computador com uma boa capacidade de processamento, armazenamento e uma boa placa gráfica é um excelente caminho para uma edição sem o pc estar sempre a encravar. Temos 3 sugestões que podem ser excelentes aliados para esse momento:

 

* Apple MacBook Air Retina

> Processador: Intel® Core™ i5 Dual Core
> Memória RAM: 8 GB
> Placa Gráfica: Intel® UHD Graphics 617
> Disco SSD: 128 GB

 

editar-videos-em-casa

 

* Microsoft Surface Pro 7

> Processador: Intel® Core™ i5
> Memória RAM: 8 GB
> Placa gráfica: Intel Iris Plus> Disco SSD: 128 GB

 

* Huawei Matebook D

> Processador: AMD Ryzen 5 3500U Quad Core
> Memória RAM: 8 GB
> Placa Gráfica: Radeon™ Vega 8 Graphic
> Disco SSD: 512 GB

 

Este é o quarto passo para um bom conteúdo: escolheres o equipamento certo para teres uma boa qualidade de vídeo.


Descobre como podes melhorar a qualidade dos teus vídeos na nossa página exclusiva com equipamento para fazeres Vlogs e Streamings ;)

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
8 relacionados