Revista ESTANTE

5 Curiosidades sobre o monstro de Frankenstein

BlogFNAC3
Por BlogFNAC3
Em 21/05/2018
5
5 Curiosidades sobre o monstro de Frankenstein

Foi há precisamente 200 anos que Mary Shelley deu a conhecer ao mundo o aterrador monstro de Frankenstein. O que sabes dele?

 

Nasceu de um desafio


Foi no verão de 1816, na cidade de Genebra, na Suíça, que um grupo de amigos reunido numa casa se desafiou a criar histórias assustadoras para passar o tempo. Do grupo fazia parte Mary Shelley, com apenas 18 anos, que trabalhou a macabra ideia de um cientista, Victor Frankenstein, gerar vida através de partes distintas de vários cadáveres, apenas para posteriormente abandonar a sua criação, repugnado com o resultado.

Intitulou o romance resultante de Frankenstein ou o Prometeu Moderno e publicou-o anonimamente em 1818. Curiosamente, foi neste mesmo desafio que John William Polidori, outro dos participantes, criou o conto “The Vampyre”, precursor de Drácula e de toda a literatura de vampiros.

 

Frankenstein 2

 

Um monstro sem nome


Embora o monstro seja popularmente conhecido como “Frankenstein”, Mary Shelley não lhe atribui qualquer nome no romance. Não o descreve sequer como “monstro”. Na história, Victor Frankenstein refere-se a ele com designações tão simpáticas como “demónio”, “ogre” ou “coisa”, mas nunca “monstro”. A criatura alega, a certa altura, que devia ser Adão, aludindo ao primeiro homem de acordo com a Bíblia, mas que é antes um anjo caído.

 

 

Verde ou amarelo?


Quando pensas no monstro de Frankenstein é provável que imagines uma criatura verde com o rosto quadrado e parafusos nas têmporas. No entanto, a descrição de Mary Shelley é a de um ser com a pele amarelada, cabelos longos de um negro lustroso, dentes proeminentes e estatura elevada – cerca de 2,5 metros.

Foi o ator Boris Karloff quem popularizou a imagem que tão bem conhecemos do monstro nos três filmes de terror clássicos que protagonizou na década de 1930. Quando Robert De Niro o encarnou, em 1994, adotou uma aparência mais próxima da fonte original.

 

5 curiosidades sobre o monstro de Frankenstein

 

O apetite pela leitura


Outro dos mitos popularizados acerca do monstro de Frankenstein é que este é um ser irracional e incapaz de se expressar. No livro, o monstro não apenas se revela, a certo ponto, perfeitamente capaz de verbalizar as suas ideias, como se entretém a ler as obras Paraíso Perdido (John Milton), Vidas Paralelas (Plutarco) e A Paixão do Jovem Werther (Goethe).

 

 

Frankenstein, a autobiografia?


Por estranho que pareça, é possível encontrar alguns paralelismos entre Mary Shelley e a criatura do seu clássico de terror. Cresceram ambos sem mãe, tendo a de Mary morrido apenas dez dias após o seu nascimento devido a complicações pós-parto. E foram ambos abandonados pelo pai – o de Mary virou-lhe as costas quando ela se envolveu com o futuro marido, Percy Shelley. O livro explora ainda alguns dos temas que mais atormentavam Mary: inadaptação, isolamento e perda.

 

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
8 relacionados
Frankenstein

Frankenstein

Mary Shelley Edição | Compasso dos Ventos | setembro de 2016 a partir de :24,30 €
Frankenstein

Frankenstein

Mary Shelley Edição | Relógio d'Água | agosto de 2017 a partir de :8,93 €
Paradise Lost

Paradise Lost

John Milton, John Milton Edição | Penguin Books | a partir de :19,58 €
Vidas Paralelas

Vidas Paralelas

Plutarco Edição | Imprensa da Universidade de Coimbra | a partir de :12,59 €
Vampyre and other writings

Vampyre and other writings

POLIDORI, JOHN WILLIAM Edição | a partir de :17,54 €
A Paixão do Jovem Werther

A Paixão do Jovem Werther

Johann Wolfgang von Goethe, GOETHE, JOHANN WOLFGANG, J. W. von Goethe Livro de Bolso | Bertrand Editora | abril de 2014 a partir de :4,20 €
Drácula

Drácula

Bram Stoker Edição | Relógio d'Água | outubro de 2017 a partir de :15,30 €
Frankenstein Contado Tipo aos Jovens

Frankenstein Contado Tipo aos Jovens

Mary Shelley Edição | Guerra & Paz | janeiro de 2018 a partir de :12,51 €