Revista ESTANTE

6 escritores russos que devias mesmo conhecer

BlogFNAC3
Por BlogFNAC3
Em 08/09/2020
345
6 escritores russos que devias mesmo conhecer

Sabias que a Rússia foi berço de alguns dos melhores escritores de todos os tempos? Fica a conhecer seis dos seus principais autores.

 

 

FIÓDOR DOSTOIÉVSKI 

 

Fiódor-Dostoiévski1 V2

 

Se queres descobrir o que de melhor existe na literatura russa, não há melhor ponto de partida do que a sua Era Dourada. Desde o momento em que a Rússia despertou para o romantismo e para o realismo, no século XIX, foram inúmeros os génios literários que lá despontaram.

Falamos de escritores como Alexander Pushkin, Ivan Turgenev ou Nikolai Leskov. No entanto, acima de todos estes, elevou-se o nome de Fiódor Dostoiévski.

Admirado por personalidades tão icónicas (e distintas) como Hemingway, Kafka, Einstein e Nietzsche, Dostoiévski tinha um talento especial para demonstrar, com a maior das simplicidades, quão complexas e contraditórias podem ser as pessoas.

Entre os seus trabalhos mais elogiados encontram-se romances como Crime e Castigo, O Idiota e Os Irmãos Karamázov, mas Dostoiévski também se destacou como contista, sendo talvez o melhor exemplo disso o livro Noites Brancas

 

 

LEV TOLSTÓI 

 

lev-Tolstoi V2

 

Fiódor Dostoiévski pode muito bem ser um legítimo candidato a melhor escritor de todos os tempos. Mas não está sozinho. E um dos seus principais “concorrentes” a este estatuto também fez parte da Era Dourada da Rússia.

Lev Tolstói escreveu apenas três romances, mas dois deles – Guerra e Paz e Anna Karénina – são frequentemente incluídos na lista dos melhores de sempre. E o terceiro, Ressurreição, até vendeu mais do que os antecessores.

Também escreveu dezenas de contos e novelas, a mais célebre das quais A Morte de Ivan Iliitch, que nos apresenta as reflexões de um homem em sofrimento, prestes a morrer.

A escrita de Tolstói, um interessante misto de realismo e filosofia, foi largamente elogiada por nomes como James Joyce, Virginia Woolf e Gustave Flaubert. E até Dostoiévski se confessava seu fã, embora a admiração, neste caso, fosse mútua.

 

 

ANTON TCHÉKHOV 

 

anton-tchekhov V2

 

Outro representante da Era Dourada da Rússia, Anton Tchékhov distinguiu-se em duas áreas distintas: os contos e a escrita para teatro.

Embora tenha vivido apenas 44 anos e começado a escrever apenas aos 20, Tchékhov arranjou tempo para escrever mais de 500 contos, hoje publicados em inúmeras coleções

Assumiu-se, em simultâneo, uma das figuras mais revolucionárias do teatro, em especial com a escrita das suas quatro peças mais famosas: “A Gaivota”, “O Tio Vânia”, “Três Irmãs” e “O Ginjal”. Todas elas hoje reunidas num único livro

Tchékhov foi ainda o autor de um célebre princípio dramático que defende que, se uma arma aparece no primeiro ato de uma peça, é forçoso que seja disparada antes do final. Um princípio bem demonstrativo do minimalismo que aplicava na sua escrita.

 

 

NIKOLAI GÓGOL 

 

nikolai-gogol V2

 

Vamos deixar à tua consideração se Nikolai Gógol deve ou não fazer parte desta listagem. É que, tecnicamente, não é claro que o autor seja russo.

Na verdade, Rússia e Ucrânia disputam há anos a sua naturalidade. E até a sua obra está dividida em duas fases: as histórias que escreveu entre 1830 e 1835, passadas na Ucrânia, e as histórias que escreveu entre 1835 e 1842, passadas na Rússia.

Aquilo de que ninguém duvida, contudo, é que se tratava de um escritor cheio de talento.

Gógol destacou-se pela prosa bem trabalhada e pelo realismo dos personagens. Escreveu sobretudo contos – “O Nariz” e “O Retrato” são os seus mais famosos e fazem parte da coleção Contos de Petersburgo – mas também foi o autor de Almas Mortas, tido por muitos como o primeiro grande romance russo. Uma influência para todos os que se lhe seguiram.

 

 

ALEKSANDR SOLJENÍTSIN 

 

aleksandr-solzhenitsyn V2

 

A vida de Aleksandr Soljenítsin foi, no mínimo, tão interessante como a sua obra. Enquanto servia no exército soviético, na Segunda Guerra Mundial, foi apanhado a criticar Estaline e condenado a oito anos num campo de trabalhos forçados. Baseou-se nesta experiência para escrever um dos seus livros mais célebres: Um Dia na Vida de Ivan Deníssovitch

Depois de um exílio e de um cancro que quase lhe terminou a vida, escreveu outro livro (desta vez de não ficção) sobre a vida nos campos: O Arquipélago Gulag. Desagradado com as críticas, o governo russo começou a persegui-lo e o KGB até o tentou assassinar.

Apesar disso, em 1970, Soljenítsin tornou-se o terceiro russo a ser distinguido com o Nobel da Literatura, depois de Boris Pasternak e Mikhail Sholokhov

Soljenítsin acabou por ser deportado. Retiraram-lhe a cidadania russa. Mas não deixou de escrever. Só em 1994 regressou ao seu país natal, onde permaneceu até ao final da vida.

 

 

VLADIMIR NABOKOV 

vladimir-nabokov V2

“Lolita, brilho da minha vida, fogo dos meus flancos. Minha alma, minha lama. Lo-lii-ta: a ponta da língua enrola no palato e desliza, três socalcos, até que estaca, ao terceiro, nos dentes. Lo. Li. Ta.”

Será certamente redutor associar Vladimir Nabokov a um único livro, mas como ignorar o impacto que o altamente controverso Lolita teve na literatura? Como ignorar a representação que faz da irreverência, algures entre a prosa e a poesia, que define a escrita deste autor russo naturalizado americano? Está tudo no primeiro parágrafo.

Isto não significa, é claro, que a obra de Nabokov não tenha outros motivos de destaque. Basta espreitares Pnin, O Dom e Convite para Uma Decapitação. Ou, se gostares de experimentalismo, Fogo Pálido. Uma bela amostra do que há de melhor na literatura russa. 

 

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
7 relacionados
MASTERS COLLECTION-LEVEL 42

MASTERS COLLECTION-LEVEL 42

Level 42 Ver todo o seu universo CD | CD Álbum | Universal Music | a partir de :11,90 €
Lolita

Lolita

Vladimir Nabokov Ver todo o seu universo Edição | Relógio d'Água | julho de 2013 a partir de :17,10 €
Contos de Petersburgo

Contos de Petersburgo

Nikolai Gógol Ver todo o seu universo Edição | Relógio d'Água | outubro de 2015 a partir de :13,50 €
A Morte de Ivan Ilitch

A Morte de Ivan Ilitch

Lev Tolstói Ver todo o seu universo Edição | Relógio d'Água | a partir de :11,70 €
Peças de Anton Tchékhov

Peças de Anton Tchékhov

Anton Tchékhov Ver todo o seu universo Edição | Relógio d'Água | janeiro de 2007 a partir de :14,53 €
Crime e Castigo

Crime e Castigo

Fiódor Dostoiévski Ver todo o seu universo Edição | Relógio d'Água | a partir de :18,03 €
Guerra e Paz - Livro 1

Guerra e Paz - Livro 1

Lev Tolstói Ver todo o seu universo Edição | Saída de Emergência | julho de 2017 a partir de :18,99 €