Bem-estar e Lifestyle

7 passos para te iniciares na meditação

BlogFNAC3
Por BlogFNAC3
Em 22/09/2020
52
7 passos para te iniciares na meditação

Existem muitos tipos de meditação por onde escolher, mas vamos apresentar-te àquele que mais adeptos tem conquistado: o mindfullness. Deixamos-te assim com alguns passos para te iniciares nesta prática, que pode ajudar a transformar a tua vida.


Mindfullness é a capacidade de estar plenamente consciente de nós mesmos, dos outros, bem como do que nos rodeia a cada momento. Passa pela perceção do nosso corpo, da nossa mente, dos nossos pensamentos e emoções – o que se costuma chamar de estado de atenção plena.

Cada vez mais utilizada pela psicologia e pela psiquiatria, a meditação mindfullness traz inúmeros benefícios, como uma maior confiança e positividade, um maior foco no presente e a aceitação das emoções sem julgamentos ou avaliações. Esta prática ajuda ainda a lidar melhor com a ansiedade e o stress e faz maravilhas pela concentração.

 

 

PREPARAÇÃO

 

Chegou a hora de meditar. Sabemos que talvez não seja fácil, mas terás de esquecer que a tecnologia existe, o que inclui televisão, smartphone e outros gadgets que possam provocar ruído, distrair-te e interromper a prática. Abre apenas uma exceção se os estiveres a usar como auxiliares, ou seja, em meditação guiada, como explicamos à frente. Veste uma roupa confortável, escolhe um local sossegado, de preferência com pouca luz e, se quiseres, coloca uma música a tocar. Nada de heavy metal ou punk rock. A meditação pede sons suaves, que inspirem calma.

 

 

HORÁRIO

 

debby-hudson-LXWUK-gypVc-unsplash-v2

 

A meditação exige concentração e periodicidade, logo terás de ser disciplinado se quiseres obter resultados. Mesmo que não pratiques todos os dias, é importante estabeleceres horários ou situações para criares uma rotina, ou melhor, associares a meditação a uma das tuas rotinas. Podes praticar antes de dormir, depois do banho, ao acordar – pouco importa, desde que escolhas o momento mais conveniente e não cries desculpas para adiares a prática.

 

 

TEMPO

 

É possível que já não suportes pensar em mais rotinas controladas pelo tempo, mas este é fundamental na meditação mindfullness. Começa com pequenas sessões de três a cinco minutos e vai prelongando a sessão de meditação. Não existe um valor fixo, há quem acabe por se distrair ao meditar durante meia hora e outros pensam que dez minutos não chegam para atingirem o objetivo. Para que nada falhe, podes usar um cronómetro nas tuas sessões. Desta forma não estarás sempre a pensar no tempo que passou e quanto falta para terminar a prática – uma preocupação a menos vem mesmo a calhar, certo?

 

 

POSIÇÃO

 

A posição de lótus é um clássico, mas não quer dizer que tenhas de a escolher quando meditares. Podes sentar-te no chão, numa cadeira ou sobre uma almofada, importa é que te sintas confortável e sigas alguns conselhos quanto à postura. Mantém a coluna direita, sem que isso te cause desconforto, repousa as mãos ao lado do corpo, sobre as pernas ou na região abdominal. Podes fechar completamente os olhos ou mantê-los entreabertos. A primeira opção causa sono a alguns – o que não é benéfico para a prática –, mas os estímulos visuais em redor também são potenciais causadores de distração.

 

 

FOCO NA RESPIRAÇÃO

 

dane-wetton-t1NEMSm1rgI-unsplash

 

Quando te concentras na respiração estás a direcionar o pensamento para algo concreto, o que te vai fazer sentir mais tranquilidade. Apoia o queixo no peito e inspira profundamente, sentindo o ar a entrar pelas narinas. Espera um momento e expira devagar como num suspiro, tendo atenção às partes do corpo que se movem quando esvazias os pulmões. Encontra o teu ritmo e tenta não desviar o foco deste movimento. É possível que sejas invadido por pensamentos aleatórios durante o exercício. Isso é perfeitamente normal. Não te recrimines, o importante é voltar à prática e não desistires.

 

 

CORPO

 

avrielle-suleiman-GpVak9-cL6E-unsplash-v2

 

Para além da respiração, podes ainda focar-te nas várias partes do teu corpo, uma técnica indicada para quem tem problemas de sono. Começa pelo alto da cabeça, e demora-te aí um pouco. Imagina-a a relaxar. Desce para a testa, olhos, bochechas, sem pressas. Cada zona merece uns instantes do teu tempo. Passa para a nuca e vai descendo pelo peito, coluna, braços e mãos. Depois segue para a anca, coxas até chegares aos dedos dos pés. Quanto mais devagar o fizeres, maior será o efeito de calma.

 

 

MEDITAÇÃO GUIADA

 

Ideal para iniciantes, esta prática é também usada por aqueles que já dominam a meditação e consiste em seguir as indicações de um instrutor, que vai conduzindo atitudes e pensamentos. Apesar de poder ser feita presencialmente, a meditação guiada existe já em formato digital. Experimenta algumas destas alternativas e decerto encontrarás aquela com que mais te identificas. A sintonia com o instrutor – o que passa pelo tom de voz, vocabulário e ritmo – é fundamental para que te mantenhas motivado e obtenhas melhores resultados.

 

Convencemos-te ou nem por isso? Lembra-te que estes são apenas alguns passos. A meditação tem muito mais que se lhe diga e nada como pesquisares sobre o tema. De certeza que não te vais arrepender.

 

 

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
3 relacionados
Cronómetro  HUDORA   65601  Preto

Cronómetro HUDORA 65601 Preto

Contadores e instrumentos de medida | Cronómetro | a partir de :21,99 €
Meditação e Mindfulness

Meditação e Mindfulness

Andy Puddicombe Edição | Nascente | janeiro de 2016 a partir de :14,93 €
Zen Spa

Zen Spa

CERIDWEN O'BRIAN CD | CD Álbum | Beauty music | março de 2011 a partir de :19,52 €