A Dor Secreta da Infertilidade

Helena Agueda Marujo (Autor) História de uma Mulher que Não Pode Ter Filhos Lançado em novembro de 2004 Edição em Português
    A Dor Secreta da Infertilidade_0
    A Dor Secreta da Infertilidade
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento novembro 2004
      Editor Editorial Presença
      Coleção Orientações

      Ver todas as características

    • "A Dor Secreta da Infertilidade" apresenta-se-nos como um conjunto de diálogos entre a autora, Helena Águeda Marujo, e a amiga Clara Pinto Correia que, para além de assinar o prefácio, conta a sua história na primeira pessoa. A ideia surge da necessidade de dar expressão à intensidade da dor daqueles que se sentem diferentes por não poderem ter filhos e que muitas vezes recorrem a sessões de psicoterapia por ser aí que esperam ser ouvidos e, acima de tudo, aceites. Os diálogos são, pois, um modo de repartir o peso da imensa... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  
    • 1 novo desde 10,07 €  
    • 10,07 €

      Disponível

      Envio normal : 2,99 €

      Envio com Tracking : 3,50 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      Gomes Books
      (Vendedor profissional)
      3890 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Portugal Continental
      Prazo médio de entrega
      Entre 2 e 3 dias úteis
      Taxa de aceitação
      99,66%
      Todas as ofertas
      • 10,07 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (3890)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição A Dor Secreta da Infertilidade

    "A Dor Secreta da Infertilidade" apresenta-se-nos como um conjunto de diálogos entre a autora, Helena Águeda Marujo, e a amiga Clara Pinto Correia que, para além de assinar o prefácio, conta a sua história na primeira pessoa. A ideia surge da necessidade de dar expressão à intensidade da dor daqueles que se sentem diferentes por não poderem ter filhos e que muitas vezes recorrem a sessões de psicoterapia por ser aí que esperam ser ouvidos e, acima de tudo, aceites. Os diálogos são, pois, um modo de repartir o peso da imensa angústia, muitas vezes silenciada por vergonha da incapacidade do próprio organismo e por medo das acusações da sociedade, que exclui tudo o que se afasta do que é considerado «normal». E é nestes diálogos, cujo tom oscila entre o de uma sessão de terapia e o de uma conversa entre amigas, que se acaba igualmente por reflectir sobre inúmeros tópicos bastante relevantes no mundo presente, entre os quais o papel e o estatuto actual da mulher na sociedade, as relações entre os elementos do casal e a adopção.

    Características detalhadasA Dor Secreta da Infertilidade

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES A Dor Secreta da Infertilidade

    Condições de Utilização

    Ver também