A Estrutura das Revoluções Científicas

Thomas S. Kuhn (Autor) Lançado em setembro de 2009 Edição em Português
    A Estrutura das Revoluções Científicas_0
    A Estrutura das Revoluções Científicas
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento setembro 2009
      Editor Guerra & Paz

      Ver todas as características

    • Concebido originalmente como monografia da International Encyclopedia of Unifi ed Science, A Estrutura das Revoluções Científicas acabaria publicado em livro pela editora da Universidade de Chicago em 1962. A obra colocava em causa a assunção generalizada de que toda a mudança científica passa por um processo estritamente racional, tese que influenciou não apenas cientistas das áreas naturais, mas também economistas, historiadores, sociólogos e filósofos, desencadeando um poderoso debate. Comporta três conceitos... Ver mais

    • Stock esgotado

      Indisponível em loja

      Levantamento gratuito

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição A Estrutura das Revoluções Científicas

    Concebido originalmente como monografia da International Encyclopedia of Unifi ed Science, A Estrutura das Revoluções Científicas acabaria publicado em livro pela editora da Universidade de Chicago em 1962. A obra colocava em causa a assunção generalizada de que toda a mudança científica passa por um processo estritamente racional, tese que influenciou não apenas cientistas das áreas naturais, mas também economistas, historiadores, sociólogos e filósofos, desencadeando um poderoso debate.

    Comporta três conceitos fundamentais: paradigma - termo que aqui se popularizou -, ciência normal e revolução científica. O paradigma representa um conjunto de teorias, regras e métodos comummente aceites pela comunidade científica. Cada paradigma tem subjacente uma dada visão do mundo, correspondendo a mudança de paradigma a uma alteração radical dessa visão. A ciência normal traduz a circunstância em que o paradigma tem a sua vigência. Porém, durante esse período, podem surgir anomalias, que se revelam quando os esquemas explicativos dominantes já não se adequam à realidade. Surge então uma nova fase que se materializa numa revolução científica.
    Desde a sua publicação, vendeu mais de um milhão de exemplares, tornando-se leitura obrigatória em cursos superiores das mais variadas áreas. Um clássico absoluto na história e filosofia da ciência, publicado pela primeira vez em Portugal.

    «O mais influente livro de filosofia em língua inglesa da segunda metade do século XX.»
    Richard Rorty

    «Um dos 100 livros mais influentes desde a Segunda Guerra Mundial.»
    Times Literary Supplement

    «Por vezes aparece um livro cuja influência vai muito para além do público que visava... A Estrutura das Revoluções Científicas de Thomas Kuhn... é claramente um desses livros.»
    Ron Johnston, Times Higher Education Supplement

    Resumo A Estrutura das Revoluções Científicas

    Considerado pelo New York Times um dos 100 livros mais influentes do século

    Características detalhadasA Estrutura das Revoluções Científicas

    • Autor Thomas S. Kuhn
    • Editor Guerra & Paz
    • Data de lançamento setembro 2009
    • EAN 978-9898174420
    • ISBN 9789898174420
    • Dimensões 14,5 x 22,5 x 3 cm
    • Nº Páginas 288
    • Encadernação Capa Mole

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES A Estrutura das Revoluções Científicas

    Condições de Utilização