A Ilha e o Verbo

António Rego (Autor) Dos Vulcões da Atlântida à Galáxia Digital Lançado em junho de 2014 Edição em Português
    A Ilha e o Verbo_0
    A Ilha e o Verbo
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento junho 2014
      Editor Paulinas
      Coleção Grandes Diálogos

      Ver todas as características

    • O padre António Rego é sobejamente conhecido pelo seu trabalho no âmbito da informação religiosa. Trabalhou na imprensa, na rádio e na televisão, tendo desempenhado as mais diversas funções nos media e nos organismos eclesiais. Neste livro-entrevista de Paulo Rocha, diretor da agência Ecclesia, o padre Rego faz memória de cinquenta anos de padre e jornalista – ou, como ele prefere dizer, “de padre, com carteira de jornalista” –, desde os primeiros passos no jornal A União e no Rádio Clube de Angra, até à realização de... Ver mais

    • 15,90 €
      14,31 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial A Ilha e o Verbo

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição A Ilha e o Verbo

    O padre António Rego é sobejamente conhecido pelo seu trabalho no âmbito da informação religiosa. Trabalhou na imprensa, na rádio e na televisão, tendo desempenhado as mais diversas funções nos media e nos organismos eclesiais.

    Neste livro-entrevista de Paulo Rocha, diretor da agência Ecclesia, o padre Rego faz memória de cinquenta anos de padre e jornalista – ou, como ele prefere dizer, “de padre, com carteira de jornalista” –, desde os primeiros passos no jornal A União e no Rádio Clube de Angra, até à realização de programas religiosos para a TVI, passando pela sua colaboração com a RTP, a direção do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais ou a nomeação para o Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais.

    Ele próprio entende a sua missão como uma permanente busca dos “sinais de Deus” para os colocar – ou proclamar – “sobre os telhados”. E fá-lo sempre de modo apaixonado, por essa “incontida vontade de ‘comunicar’, de partilhar realmente o que lhe vai na alma, ou acolhe da alma dos outros” (D. Manuel Clemente, no Prefácio).

    Na segunda parte, o entrevistado oferece-nos alguns textos seus, que nos ajudam a compreendê-lo melhor na sua “maneira açoriana de ser português”.

    Características detalhadasA Ilha e o Verbo

    OUTRAS OBRAS de António Rego

    Ver também