A Torre de Babel ou a Porra do Soriano

Guerra Junqueiro (Autor) JUNQUEIRO, GUERRA (Autor) Lançado em novembro de 2011 Edição em Português
    • A Torre de Babel ou a Porra do Soriano_0
    A Torre de Babel ou a Porra do Soriano
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento novembro 2011
      Editor Tinta da China

      Ver todas as características

    • Pedro Soriano, um dos mais famosos patifes lisboetas do final do século XIX, ficou na história pelo seu atributo singular - um descomunal membro viril -, cantado por Guerra Junqueiro.Pedro Soriano, um dos mais famosos patifes dos muitos que povoavam Lisboa no final do século XIX, ficou na história pelo seu atributo singular - um descomunal membro viril -, cantado por Guerra Junqueiro. Inicialmente, o poeta mostrou-se incrédulo, mas, tirando as dúvidas pela observação directa, pasmou e terá exclamado que semelhante... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  8,91 €
    • 2 novos desde 9,22 €  
    • Todas as ofertas
      • 9,90 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (3339)
      • 9,22 € Custos de envio +4,44 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Imosver
        (6348)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição A Torre de Babel ou a Porra do Soriano

    Pedro Soriano, um dos mais famosos patifes lisboetas do final do século XIX, ficou na história pelo seu atributo singular - um descomunal membro viril -, cantado por Guerra Junqueiro.

    Pedro Soriano, um dos mais famosos patifes dos muitos que povoavam Lisboa no final do século XIX, ficou na história pelo seu atributo singular - um descomunal membro viril -, cantado por Guerra Junqueiro. Inicialmente, o poeta mostrou-se incrédulo, mas, tirando as dúvidas pela observação directa, pasmou e terá exclamado que semelhante instrumento merecia ser cantado num poema. Nasceu assim «A Torre de Babel ou a Porra do Soriano, que alcançou de imediato um sucesso estrondoso.
    Note-se que Junqueiro nunca permitiu que o poema, fruto de um repentismo ditado por abundantes libações, fosse publicado, mas os amigos que o ouviram fixaram-no e depois surgiram várias edições clandestinas, passando a ser a obra mais rara e cobiçada de Guerra Junqueiro. Ao poema segue-se o texto «O Casamento Simulado», de autoria anónima.

    A colecção de Livros Licenciosos tem como mote um verso do Canto IX de «Os Lusíadas»:
    «Melhor é experimentá-lo que julgá-lo.»

    Características detalhadasA Torre de Babel ou a Porra do Soriano

    OUTRAS OBRAS de Guerra Junqueiro

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES A Torre de Babel ou a Porra do Soriano

    Condições de Utilização
    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      1
    Opiniões Verificadas
    5 Esclarecedor Publicado em 19 abr 2019

    É uma obra literária diferente das convencionais, mas ajuda a conhecer melhor o autor.


     Este comentário foi útil?

    Ver também