A Tragédia do Titanic

Walter Lord (Autor) Walter Lord (Autor) Lançado em maio de 1998 Edição em Português
    A Tragédia do Titanic_0
    A Tragédia do Titanic
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento maio 1998
      Editor Editorial Presença
      Coleção Grandes Narrativas

      Ver todas as características

    • O mundo talvez nunca mais tenha voltado a ser o mesmo depois do naufrágio do Titanic. A sua construção obedeceu a um plano aparentemente tão perfeito que foi universalmente considerado inafundável. Esta crença enraizou-se tão fortemente que, até aos últimos momentos, os seus passageiros nunca acreditaram que ele pudesse realmente afundar-se. Uma maravilha da técnica, o navio era também um deslubramento na forma como fora concebido e decorado. Tudo fazia dele o símbolo da Belle Époque, que vivia euforicamente um arrebatado... Ver mais

    • 12,59 €
      11,33 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial A Tragédia do Titanic

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Mais Informações A Tragédia do Titanic

    O mundo talvez nunca mais tenha voltado a ser o mesmo depois do naufrágio do Titanic. A sua construção obedeceu a um plano aparentemente tão perfeito que foi universalmente considerado inafundável. Esta crença enraizou-se tão fortemente que, até aos últimos momentos, os seus passageiros nunca acreditaram que ele pudesse realmente afundar-se. Uma maravilha da técnica, o navio era também um deslubramento na forma como fora concebido e decorado. Tudo fazia dele o símbolo da Belle Époque, que vivia euforicamente um arrebatado optimismo em relação ao "Progresso". Alguém dissera que nem Deus conseguiria afundá-lo. E, no entanto, qual Torre de Babel dos tempos modernos, a fúria dos deuses abateu-se sobre ele. Mais tarde, os inquéritos realizados permitiram perceber porquê. Entre outras razões, porque era tal a confiança na sua "insubmergibilidade" que transportava 20 salva-vidas para 2207 passageiros.

    Características detalhadasA Tragédia do Titanic

    OUTRAS OBRAS de Walter Lord