Alienação Parental

Fernando Silva (Autor) Eduardo Sá (Autor) Lançado em abril de 2011 Edição em Português
    Alienação Parental_0
    Alienação Parental
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento abril 2011
      Editor Almedina
    • A alienação parental é uma doença? Claro que não. Mas a adesão fulgurante de muitos técnicos (e da opinião pública) a um conceito como esse quer dizer que, subitamente, a injustiça que se foi dando, ao longo de anos, nos tribunais, privando muitos pais do exercício da responsabilidade parental (sem que tivessem feito o que quer que fosse para o merecerem) passou a ter um termo que a formatava. O mesmo acontecendo com as atitudes de muitos outros que, como represália dum divórcio, foram instrumentalizando os seus filhos de... Ver mais

    • Todas as ofertas
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    Avaliação da FNAC

    A alienação parental é uma doença? Claro que não. Mas a adesão fulgurante de muitos técnicos (e da opinião pública) a um conceito como esse quer dizer que, subitamente, a injustiça que se foi dando, ao longo de anos, nos tribunais, privando muitos pais do exercício da responsabilidade parental (sem que tivessem feito o que quer que fosse para o merecerem) passou a ter um termo que a formatava. O mesmo acontecendo com as atitudes de muitos outros que, como represália dum divórcio, foram instrumentalizando os seus filhos de maneira a que eles se afastassem, de forma irreparável, do outro pai.
    Na verdade, uma criança não se aliena dum pai: é convidada a maltratá-lo. Violentamente. Com actos, com injúrias e, até, com difamações. Ou, melhor: uma criança é maltratada por um dos pais e maltrata o outro. E isso é um maltrato grave de que deve ser, inequivocamente, protegida.

    Opiniões dos nossos clientes Alienação Parental

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Saber tudo sobre

    Eduardo Sá

    Eduardo Sá

    Autor
    “Amar é conhecer mais do outro do que ele sabe de si próprio, e descobrir que ele conhece mais de nós do que nós mesmos.” Eduardo Sá é psicólogo clínico, psicanalista e professor de psicologia clínica na Universidade de Coimbra e no Instituto Superior de Psicologia Aplicada, em Lisboa. É autor de artigos e de livros científicos na área da psicanálise e da psicossomática, e de livros de divulgação no âmbito da saúde familiar e da educação parental. Director da Clínica Bebés & Crescidos e... Ler mais

    Outras obras de Eduardo Sá

    Características detalhadas

    Editor

    Almedina

    Data de lançamento

    abril 2011

    EAN

    978-9724044262

    ISBN

    9789724044262

    Nº Páginas

    178

    Encadernação

    Capa Mole