Cajarana - LP

André Henriques (Intérprete) (Vinil) Lançamento a 13 março 2020
    Cajarana - LP_0
    Cajarana - LP
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Interprete(s) André Henriques
      Data de lançamento março 2020
    • A inspiração para o nome do álbum remete para uma novela brasileira da década de 80: “Pai Herói”. “O personagem principal, interpretado por Tony Ramos, chamava-se “André Cajarana” e eu, como era o único André na minha escola, ganhei uma alcunha que detestava. É uma memória de desconforto e de construção de identidade, duas questões com as quais me debati quando decidi fazer um disco a solo”, avança o músico. Anos mais tarde, conheceu Ricardo Dias Gomes, músico brasileiro, que viria a co-produzir o álbum de estreia com André... Ver mais

    • Vendido pela FNAC  17,99 €
    • 3 novos Marketplace desde 26,77 €  
    • Todas as ofertas
      • 26,77 € Custos de envio +0 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Bibentglob
        (11)
      • 28,08 € Custos de envio +0 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        DodaxEU-PT
        (34321)
      • 28,40 € Custos de envio +4,44 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Silver
        (8801)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    Resumo

    A inspiração para o nome do álbum remete para uma novela brasileira da década de 80: “Pai Herói”. “O personagem principal, interpretado por Tony Ramos, chamava-se “André Cajarana” e eu, como era o único André na minha escola, ganhei uma alcunha que detestava. É uma memória de desconforto e de construção de identidade, duas questões com as quais me debati quando decidi fazer um disco a solo”, avança o músico. Anos mais tarde, conheceu Ricardo Dias Gomes, músico brasileiro, que viria a co-produzir o álbum de estreia com André Henriques. “Durante um mês encontrámo-nos algumas vezes para registar as canções que me iam surgindo e pensar os arranjos. Num desses encontros disse-lhe que queria chamar ‘Cajarana’ ao disco e contei-lhe a história da novela e do desconforto que me causava a alcunha em miúdo”. A curiosidade é que o músico brasileiro respondeu que não se lembrava da novela mas ao pesquisar na internet deparou-se com a curiosidade máxima: “Caramba, foi a minha avó que escreveu essa novela”. Ficámos os dois perplexos. Nascemos os dois no mesmo ano, em dois lados opostos do Atlântico, decidimos trabalhar juntos sem nos conhecermos e no final de tudo tínhamos entre nós esta desconcertante coincidência”.

    A concepção gráfica do álbum ficou a cargo do coletivo Dobra em parceria com o próprio André. “A capa do disco é um auto-retrato cego que fiz em frente ao espelho, sem nunca olhar para a folha ou para a mão que desenhava. Fiz vários desenhos seguidos, em cada um demorava não mais do que 2 minutos. No final, ao ver todos os que tinha feito acabei por escolher o primeiro”, indica André Henriques, reforçando a vontade geral deste trabalho: um álbum feito de impulso, composto num período de 2 meses, juntando músicos em 6 ensaios e, em menos de uma semana, concluindo o disco que daqui a cerca de um mês verá a luz do dia.

    O álbum de estreia de André Henriques contou com produção Ricardo Dias Gomes, músico brasileiro que tem colaborado com Caetano Veloso, Adriana Calcanhoto ou Jesse Harris. Neste primeiro trabalho a solo, André estende a sua identidade, partindo sempre do texto para criar um universo musical muito próprio recheado de histórias que nos prendem até à última sílaba.

    Cajarana - LP

    • CD 1
    • 01 Espelho Meu
    • 02 E de Repente
    • 03 Uma Casa na Praia
    • 04 Tecido não Tecido
    • 05 As Melhores Canções de Amor
    • 06 Pais e Mães e Bichos
    • 07 Maria Odete
    • 08 Para me Aleijar
    • 09 Platão Pediu um Gin
    • 10 O Seu Melhor Chapéu
    • 11 De Tudo o que Fugi
    • 12 Pese Embora

    Opiniões dos nossos clientes : 2 artigos Cajarana - LP

    5/5
    • 0
      1
    • 0
      2
    • 0
      3
    • 0
      4
    • 2
      5
    A mais útil
    Ricardo
    Publicada a 22 mar 2020

    Excelente

    Excelente disco, uma estreia a solo brilhante.

    A mais bem classificada Opiniões Verificadas
    Helder Almeida
    Publicada a 27 abr 2020

    Obra de arte

    A simplicidade das palavras e o som cru que nos transporta para uma história, que pode ser a nossa, dando liberdade à imaginação ao longo das canções. Para saborear cada canção com delicadeza. Obrigado André Henriques.

    Características detalhadas

    Intérprete

    André Henriques

    Data de lançamento

    março 2020

    Ano de Gravação

    março 2020