Mulheres de Cinza

Lançado em novembro de 2015 (ePub) em Português
    Mulheres de Cinza_0
    Mulheres de Cinza
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento novembro 2015
      Editor CAMINHO
      Formato ePub

      Ver todas as características

    • "Mulheres de Cinza" é o primeiro livro de uma trilogia sobre os derradeiros dias do chamado Estado de Gaza, o segundo maior império em África dirigido por um africano.Ngungunyane (ou Gungunhane, como ficou conhecido pelos portugueses) foi o último de uma série de imperadores que governou metade do território de Moçambique. Derrotado em 1895 pelas forças portuguesas comandadas por Mouzinho de Albuquerque, Ngungunyane foi deportado para os Açores onde veio a morrer em 1906. Os seus restos mortais terão sido trasladados para... Ver mais

    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Resumo As Areias do Imperador - Livro 1: Mulheres de Cinza

    Comentário dos nossos experts em Livros As Areias do Imperador - Livro 1: Mulheres de Cinza

    Características detalhadasAs Areias do Imperador - Livro 1: Mulheres de Cinza

    • Autor Mia Couto
    • Editor Editorial Caminho
    • Data de lançamento outubro 2015
    • EAN 978-9722127677
    • ISBN 9789722127677
    • Dimensões 13,5 x 21 cm
    • Nº Páginas 408
    • Encadernação Capa mole

    CARACTERÍSTICAS DO EBOOK

    • Formato ePub
    • Editor CAMINHO
    • Data de lançamento novembro 2015
    • EAN 9789722127806
    QUE FORMATO PARA O MEU EBOOK?

    OUTRAS OBRAS de Mia Couto

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES As Areias do Imperador - Livro 1: Mulheres de Cinza

    Condições de Utilização
    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      1
    5 Adorei! Publicado em 24 mar 2017

    Gostei muito do livro. Super indico a leitura!


     Este comentário foi útil?

    Ver também