As Organizações Culturais e o Espaço Público

MARIA JOÃO CENTENO (Autor) A Experiência da Rede Nacional de Teatros e Cineteatros Lançamento a 1 janeiro 2012 Edição em Português
    As Organizações Culturais e o Espaço Público_0
    As Organizações Culturais e o Espaço Público
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 01/01/2012
      Editor Colibri
      Coleção Caminhos do Conhecimento
    • A presente investigação problematiza a natureza da relação que se estabelece entre as organizações culturais e os seus públicos e verifica se as especificidades das organizações que pertencem à Rede Nacional de Teatros e Cineteatros, lançada em 1999 pelo então Ministro da Cultura, Manuel Maria Carrilho, favorecem a interacção no seio da esfera pública. Atendendo a que o indivíduo só adquire consciência de si quando se situa num contexto estruturado pela comunicação, a prática das organizações culturais tem de ser organizada... Ver mais

    • Vendido pela FNAC  15,30 €
    • 1 novo em Marketplace desde 15,84 €  
    • 17 €
      15,30 €

      Encomenda ao editor, entrega em 1 a 2 semanas

      Recebe numa morada a partir de 30 €

      Ver stock em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    1 oferta especial As Organizações Culturais e o Espaço Público

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Resumo

    A presente investigação problematiza a natureza da relação que se estabelece entre as organizações culturais e os seus públicos e verifica se as especificidades das organizações que pertencem à Rede Nacional de Teatros e Cineteatros, lançada em 1999 pelo então Ministro da Cultura, Manuel Maria Carrilho, favorecem a interacção no seio da esfera pública. Atendendo a que o indivíduo só adquire consciência de si quando se situa num contexto estruturado pela comunicação, a prática das organizações culturais tem de ser organizada de forma participativa, o que quer dizer que a relação organização/públicos não pode ser de carácter instrumental, mas dialógica, baseada na partilha de expectativas de comportamento intersubjectivamente válidas. Analisando as propostas realizadas por cada uma das organizações, nos três primeiros anos de actividade, foi possível determinar que, dependendo do tipo de envolvimento promovido pela organização, a experiência estética pode ser absorvida pela vida quotidiana. Quando a organização estabelece vínculos duradouros e exigentes, através do acesso, construção e debate do saber, consegue contribuir para a edificação da identidade social e propicia a reflexão sobre as situações do Mundo da Vida.

    Opiniões dos nossos clientes As Organizações Culturais e o Espaço Público

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Características detalhadas

    Editor

    Colibri

    Data de lançamento

    01/01/2012

    EAN

    978-9896892081

    ISBN

    9789896892081

    Dimensões

    15,8 x 22,9 x 2,5 cm

    Nº Páginas

    460

    Encadernação

    Capa Mole