Aspirando e Expelindo

Gabriel Ferreira (Autor) Lançamento a 19 fevereiro 2018 Edição em Português
    Aspirando e Expelindo_0
    Aspirando e Expelindo
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 19/02/2018
      Editor Chiado Books
      Coleção Prazeres Poéticos

      Ver todas as características

    • “Aspirando e Expelindo” do jovem autor Gabriel Ferreira traz sisudos poemas breves em que se misturam figuras de linguagem com esquemas comunicativos leves, mas de forte sinestesia. É a poesia falando de coração para coração e de si para si mesmo. São reflexões sobre o passar do tempo, sobre os lugares de estar em companhia do ser amado. Há poema com versos cada um de uma palavra só, mas, de repente, o leitor encontra uma frase poética que é uma prosa reflexiva. O poeta apresenta o amor na figura “dela”, sempre caricata,... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  9 €
    • 1 novo desde 10 €  
    • 10 €

      Disponível

      Envio normal : 2,99 €

      Envio com Tracking : 4,44 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      CHIADO BOOKS
      (Vendedor profissional)
      238 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Portugal Continental
      Prazo médio de entrega
      Entre 3 e 4 dias úteis
      Taxa de aceitação
      96,00%

      Comentários do vendedor :

      Entrega até 4 dias úteis

      Todas as ofertas
      • 10 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        CHIADO BOOKS
        (238)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Mais Informações Aspirando e Expelindo

    “Aspirando e Expelindo” do jovem autor Gabriel Ferreira traz sisudos poemas breves em que se misturam figuras de linguagem com esquemas comunicativos leves, mas de forte sinestesia. É a poesia falando de coração para coração e de si para si mesmo. São reflexões sobre o passar do tempo, sobre os lugares de estar em companhia do ser amado. Há poema com versos cada um de uma palavra só, mas, de repente, o leitor encontra uma frase poética que é uma prosa reflexiva. O poeta apresenta o amor na figura “dela”, sempre caricata, mas imaginável em carne e ossos, olhos e rosto, abraçando e beijando. Mesmo com temas tão diversos, há uma linha unitária firme, nenhum poema é longo ou enfastiante. O único problema é que se termina de ler a obra toda e fica um gosto muito forte de “quero mais”.

    Características detalhadasAspirando e Expelindo

    OUTRAS OBRAS de Gabriel Ferreira

    Ver também