• Loja
  • Blog FNAC
Destaques

BLACK FRIDAY FNAC – a origem da sexta-feira mais esperada do ano

ExpertFnac
Por ExpertFnac
Em 22/10/2017
17939
BLACK FRIDAY FNAC – a origem da sexta-feira mais esperada do ano

 

blackfriday

 

Dia 24 de novembro. Enquanto a Black Friday FNAC 2018 não chega, vamos lá a saber: como é que este fenómeno começou e de onde é que vem o termo “Black Friday”, exatamente?


black  Friday1O termo “Black Friday”

Apesar de hoje ser reconhecido como o maior dia de compras do ano, o termo “Black Friday” começou por ser uma referência ao colapso da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em meados do século XIX. Na verdade, o termo “Black”, numa perspetiva histórica, é constantemente associado a desgraça. 

A expressão “Black Friday” foi amplamente divulgada pela primeira vez nos EUA, no dia 24 de setembro de 1869, quando Jay Gould e James Fisk, dois empresários de Wall Street, protagonizaram um dos maiores escândalos da História das Finanças. Estes geniais corretores financeiros engendraram um plano para sabotar o mercado do ouro na Bolsa de Valores de Nova Iorque. O objetivo era comprar o máximo de ouro possível e vendê-lo posteriormente a preços absurdos – o lucro seria tremendo. 

Contudo, a 24 de setembro de 1869, uma sexta-feira, o governo americano interveio, levando o mercado das ações a ruir – inúmeros milionários faliram, razão mais do que suficiente para enaltecer o negativo peso do termo "Black Friday".



blackfridayA Black Friday de hoje nasceu nos anos 60 

Hoje é um fenómeno global, mas não é segredo para ninguém que a Black Friday deriva de uma tradição maioritariamente americana. A Black Friday como hoje a conhecemos nasceu nos anos 60, e já veio tarde, pois o retalho americano tentava há décadas transformar a sexta-feira a seguir ao Dia Ação de Graças (Thanksgiving) num ‘shopping-day’

Contudo, a polícia de Filadélfia, condutores de autocarros e taxistas viviam em pavor da última sexta-feira de novembro, dada a grotesca afluência de pessoas aos shoppings. Reza a lenda que, entre eles, estes profissionais se referiam a esse dia como “Black Friday” – no sentido mais pejorativo que possam imaginar. A mais antiga referência ao termo neste contexto está documentada desde janeiro de 1966, num artigo de Bonnie Taylor-Black do American Dialect Society. 

Eis o que diz o documento: “’Black Friday’ is the name Philadelphia Police Department has given to the Friday following Thanksgiving Day. Black Friday officially opens the Christmas shopping season (…) and it usually brings massive traffic jams and over-crowded sidewalks as the downtown stores are mobbed from opening to closing”. 


Curiosidade

O Presidente Abraham Lincoln abriu a tradição de, na última quinta-feira de novembro, se declarar um ‘dia de agradecimento’ – e assim foi até 1939, um ano em que a última quinta-feira, por mero acaso, calhou a ser também o último dia do mês. O mercado americano temeu pelo curtíssimo período de compras antes do Natal e fez uma petição ao Presidente Franklin D. Roosevelt para que o feriado fosse antecipado – e foi! (Durante os três anos que se seguiram, o termo Thankgiving foi coloquialmente substituído por Franksgiving…). 

AAEAAQAAAAAAAAguAAAAJGFiZDE5NzUyLWRjYWEtNDAyYy1hMjdhLWM0MTc5MWUxZjVjOQ

Mas só em 1941, numa resolução formalmente aprovada pelo Congresso, é que o dia de Ação de Graças passou a ser celebrado na quarta quinta-feira de novembro…

O que não se faz por uma Black Friday… Certo? 

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
Atenção Ocorreu um erro, por favor, tenta novamente mais tarde.