Bifes Mal Passados

Passeios e outras catástrofes por terras de Sua Majestade Lançado em setembro de 2014 (ePub) em Português
    Bifes Mal Passados_0
    Bifes Mal Passados
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento setembro 2014
      Editor Gradiva
      Formato ePub

      Ver todas as características

    • Um roteiro de cómicos fins-de-semana mal passados e tentativas frustradas de fazer férias em Inglaterra servem de ponto de partida para uma viagem pela cultura anglo-saxónica, como vista pelos olhos de um cientista português radicado no Reino Unido há mais de vinte anos e do qual estamos mais habituados a ler obras de divulgação científica. Bifes Mal Passados é alternadamente hilariante e sério, convidando a uma reflexão sobre identidade cultural, e incitando os portugueses a despojarem-se de complexos de inferioridade.

    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Bifes Mal Passados

    Um roteiro de cómicos fins-de-semana mal passados e tentativas frustradas de fazer férias em Inglaterra servem de ponto de partida para uma viagem pela cultura anglo-saxónica, como vista pelos olhos de um cientista português radicado no Reino Unido há mais de vinte anos e do qual estamos mais habituados a ler obras de divulgação científica.

    Bifes Mal Passados é alternadamente hilariante e sério, convidando a uma reflexão sobre identidade cultural, e incitando os portugueses a despojarem-se de complexos de inferioridade.

    Resumo Bifes Mal Passados

    Um roteiro de cómicos fins-de-semana mal passados e tentativas frustradas de fazer férias em Inglaterra servem de ponto de partida para uma viagem pela cultura anglo-saxónica, como vista pelos olhos de um cientista português radicado no Reino Unido há mais de vinte anos e do qual estamos mais habituados a ler obras de divulgação científica. Bifes Mal Passados é alternadamente hilariante e sério, convidando a uma reflexão sobre identidade cultural, e incitando os portugueses a despojarem-se de complexos de inferioridade. João Magueijo é um estudioso do Cosmos, tendo sido um dos pioneiros da teoria da velocidade da luz variável. É actualmente Professor Catedrático no Imperial College, em Londres. Nas duas ocasiões em que foi à pesca, apanhou um salmonete e uma piranha (um facto real, mas a melhor comédia é a que se passou mesmo, como mostra neste livro). Os seus livros Mais Rápido Que a Luz e O Grande Inquisidor estão publicados em Portugal pela Gradiva. Este é o primeiro livro que escreve em português.

    Características detalhadasBifes Mal Passados

    • Autor João Magueijo
    • Editor Gradiva
    • Data de lançamento junho 2014
    • EAN 978-9896165833
    • ISBN 9789896165833
    • Dimensões 13,5 x 21 cm
    • Nº Páginas 188
    • Encadernação Capa mole

    CARACTERÍSTICAS DO EBOOK

    QUE FORMATO PARA O MEU EBOOK?

    OUTRAS OBRAS de João Magueijo

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Bifes Mal Passados

    Condições de Utilização
    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      2
    Opiniões Verificadas
    5 Muito fácil de ler Publicado em 20 out 2019

    Comprei este artigo e é de leitura muita simples e extremamente divertida.


     Este comentário foi útil?

    5 Sad but true or a necessary evil Publicado em 25 fev 2015

    "Bifes Mal Passados" is not about destroying the English people or the English culture it is just about what any person sees out there when arriving to or living in England for a while. Everything described in this book has been witnessed by citizens from other nationalities during their time in England, seen live on a daily basis, but the common Englishman does not accept criticism from anyone. This books travels through the spectrum of social dogmas, paradigms and problems so deeply embedded in the English society that most of the English folks take it as an attack to their culture when, in fact, for other people coming from abroad and accustomed to different perspectives and behavioural models, it is their culture seen with positives and negatives. The greatest problem of this book, contrarily to for example "The Portuguese - A Modern History" by Barry Hatton, is that the language is funny and harsh, and any English citizen reading it will need a strong capacity to admit "Yes, we are just like that". But that attitude is itself so contrary to the (unfortunately still remaining) Imperial DNA transpiring from the social fabrics that immediately generates hatred. I read comments all over the internet trying to generate a movement to fire Joao Magueijo, humiliating the Portuguese police in what concerns the McCann file, calling the Portuguese PIGS, bankrupt, corrupt, stupid. I wonder for a second if any of these people actually read the book. Everyday different nationalities are humiliated on national/public television, especially these days with UKIP-driven shows blaming Romanians, Bulgarians and also Portuguese on the matter of border control and European laws. This book is not about unjust comments, but individual observations that happen to be accepted by many other people who come from abroad to live in England. Not reading it or at least not accepting this book as a factual document is like not allowing Muhammad to be drawn in paper. Just that!


     Este comentário foi útil?

    Ver também