Blackpot

    • Blackpot_0
    Blackpot

    Venda o seu Blackpot com apenas alguns cliques,
    em fnac.pt

    1. Vende o teu produto
    2. Um cliente compra o teu produto
    3. Envia o teu produto
    4. Recebe o pagamento
    Passar para conta Pro!
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Assírio & Alvim
      Coleção A Phala

      Ver todas as características

    • «Os metafísicos de Tlön não buscam a verdade nem sequer a verosimilhança: buscam o assombro»
      in "Ficções", Jorge Luis Borges, 1944 Juntamente com Albert Camus, cuja "A Queda" assume neste "Blackpot" o papel de insuspeitado mote, Borges era um dos autores preferidos de Dinis Machado. Tanto que a sua personagem Peter Maynard, assassino profissional com preocupações éticas e estéticas, figura central de "Mão Direita do Diabo", "Requiem Para D. Quixote" e "Mulher e Arma com Guitarra Espanhola", não é mais do que a...
      Ver mais

    • 10 € 8 €

      Apenas 2 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Blackpot

    • 72H CHRONO FNAC: Até -80% em Tecnologia, Livros e Entretenimento
    72H CHRONO FNAC: Até 80% desconto imediato em Tecnologia, Livros e Entretenimento.
    Campanha Exclusiva Online, válida de 16 a 18 de setembro 2019.
    Aplicável nos artigos assinalados e vendidos pela Fnac.pt (exclui Marketplace, eBooks, livros escolares e Pré-Vendas).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os descontos Cartão Fnac.
    Artigos de Tecnologia limitados a 2 unidades por NIF.
    Portes Grátis para encomendas de valor igual ou superior a 15€ (exclui Marketplace), válido para entregas em Portugal Continental em 1 dia útil ou levantamento nas lojas FNAC.

    Descrição Blackpot

    «Os metafísicos de Tlön não buscam a verdade nem sequer a verosimilhança: buscam o assombro»
    in "Ficções", Jorge Luis Borges, 1944

    Juntamente com Albert Camus, cuja "A Queda" assume neste "Blackpot" o papel de insuspeitado mote, Borges era um dos autores preferidos de Dinis Machado. Tanto que a sua personagem Peter Maynard, assassino profissional com preocupações éticas e estéticas, figura central de "Mão Direita do Diabo", "Requiem Para D. Quixote" e "Mulher e Arma com Guitarra Espanhola", não é mais do que a americanização de Pierre Menard, personagem kafkiana de um conto borgeano que teimosamente se entretém a reescrever o Quixote, palavra a palavra, letra a letra, vírgula a vírgula. Foi com esse espírito que Dinis Machado escreveu de um fôlego, como era seu hábito, este visceral "Blackpot". Esteve para lhe chamar Gulliver contra Gulliver, título talvez com mais ressonância literária, sobretudo se aceitarmos a opinião de André Breton segundo a qual foi Swift quem inventou o humor negro. Embora, convenhamos, com muito menos swing. Escreveu-o à máquina algures entre 1983 e 85, meteu-o na gaveta da memória e lá o esqueceu inédito até hoje. Guardado a sete chaves e mais uma, a da sombra libertária do olvido, só voltaria a recuperá- lo quando, ainda em vida, se preparava a reedição dos supracitados McShades.
    Uma coisa levou à outra e ele concluiu que o Blackpot tinha tudo a ver com este seu alter ego literário com vagas maneiras de camóne e muitas leituras na consciência, de seu nome completo Dennis McShade. Pois, como diria Peter Maynard, seja feita a sua vontade.

    «Pode-se vomitar tudo menos o medo e a solidão. Esta frase idiota fora-lhe dita, uma vez, por um médico que morrera atropelado por um camião. Continuou a olhar para o espelho e tentou sorrir da ideia. Mas não sorriu.»

    Características detalhadasBlackpot

    OUTRAS OBRAS de MCSHADE, DENNIS

    4/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      1
    • 5
      0
    Opiniões Verificadas
    4 Caro, mas bom Publicado em 14 ago 2018

    Apesar de o livro ser bastante caro para o conteúdo que apresenta (cerca de 60 páginas, com letra bastante grande, e cada página quase dedicada a cada capítulo), a narrativa e a sua estrutura são bastante boas, não seria o livro de Dennis McShade.


     Este comentário foi útil?

    Ver também