Citadela

Antoine de Saint-Exupéry (Autor) Lançado em setembro de 2017 Edição em Português
    Citadela_0
    Citadela
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento setembro 2017
      Editor Livros do Brasil
      Coleção Nova Coleção Dois Mundos

      Ver todas as características

    • "Cidadela", obra póstuma publicada em 1948, constitui a súmula de Saint-Exupéry e das suas meditações de toda uma vida. Narrado na primeira pessoa por um rei de um território onde o deserto se perde de vista, esta é uma conversa consigo mesmo e com o divino, sobre a humanidade, sobre a vida, sobre o amor e a busca do sublime. É simultaneamente um monumental exercício de linguagem, um longo poema em prosa, que Saint-Exupéry começara a escrever em 1936 e que não teve tempo para concluir. Na manhã de 31 de julho de 1944,... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  17,91 €
    • 1 novo desde 19,90 €  
    • Todas as ofertas
      • 19,90 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (4473)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Mais Informações Citadela

    "Cidadela", obra póstuma publicada em 1948, constitui a súmula de Saint-Exupéry e das suas meditações de toda uma vida. Narrado na primeira pessoa por um rei de um território onde o deserto se perde de vista, esta é uma conversa consigo mesmo e com o divino, sobre a humanidade, sobre a vida, sobre o amor e a busca do sublime.

    É simultaneamente um monumental exercício de linguagem, um longo poema em prosa, que Saint-Exupéry começara a escrever em 1936 e que não teve tempo para concluir. Na manhã de 31 de julho de 1944, levantou voo da Córsega e nunca mais voltou à base – terá sido abatido pela Luftwaffe perto da região de Grenoble-Annecy. Este é pois um texto incompleto, mas de uma riqueza ímpar, a cuja tradução Ruy Belo dedicou dois anos e sobre o qual escreve: «Não temos rebuço em afirmar que Cidadela passará à história, iluminada pelo conjunto da produção de Saint-Exupéry, como uma das obras- -primas do nosso tempo.»

    Características detalhadasCitadela

    OUTRAS OBRAS de Antoine de Saint-Exupéry