Revista ESTANTE

Colleen Hoover em entrevista exclusiva à FNAC

BlogFNAC
Por BlogFNAC
Em 29/05/2020
101
Colleen Hoover em entrevista exclusiva à FNAC

Com o mote do lançamento do seu novo livro, Sempre Tu, Colleen Hoover falou em exclusivo com a FNAC sobre os desafios de escrever Sempre Tu e projetos literários para o futuro.

 

 

1. Sempre Tu é contado sob dois pontos de vista diferentes, o de uma mãe e da sua filha adolescente. Quão desafiador foi ir mudando de ponto de vista? Tinha um sistema, como escrever cada capítulo num ponto de vista e depois no outro?

 

Não esperava que fosse tão desafiante como foi, porque já tinha escrito na perspetiva de uma adolescente e de uma mãe, anteriormente. Mas escrever a partir das duas perspetivas no mesmo livro acabou por ser um desafio. Principalmente porque a Clara e a Morgan são muito parecidas, logo era importante para mim, de alguma forma, fazer transparecer as semelhanças nas suas personalidades, mantendo as suas vozes distintas o suficiente para viverem sozinhas.

Escrevi este livro por ordem [de capítulos], porque achava que era melhor alternar entre os pontos de vista enquanto escrevia para obter a melhor reação da perspectiva oposta. Por exemplo, se Clara fez algo imaturo ou tomou uma má decisão, ao mudar para a perspectiva da mãe logo a seguir era-me mais fácil extrair essas emoções reativas de Morgan.

 

sempre-tu-colleen-hoover

 

 

2. Sempre Tu é bem diferente de um de seus livros mais recentes, Verity. Na verdade, a Colleen até disse no passado que não gosta de se limitar a um género literário. Há algum género que ainda não experimentou e gostaria de experimentar um dia?

 

Eu prometi a mim mesma que nunca escreveria um romance paranormal, mas acabei de terminar um. Tal como Verity, este é um salto em relação ao que normalmente escrevo. O livro chama-se Layla e deve ser lançado nos EUA em dezembro. E atualmente tenho uma ideia para um romance distópico que espero poder lançar nos próximos dois anos. Penso que será uma trilogia e nunca pensei escrever uma trilogia distópica, mas também nunca pensei em escrever um thriller ou um romance paranormal. Tudo depende do meu humor quando começo um livro. Posso dizer com confiança que nunca me vou aventurar por ficção científica. Não sei se tenho o intelecto ou paciência para isso.

 

colleen-hoover-verity

 

3. O seu percurso como autora, da auto-publicação aos best-sellers, certamente é uma inspiração para jovens escritores. Tem algum conselho para os escritores que estão a começar a sua carreira

 

O meu percurso foi uma combinação de muitas coisas. Trabalho árduo, bom timing e sorte. Reconheço que as coisas aconteceram muito mais rápido do que para a maioria dos autores e estou muito agradecida que todos esses elementos se tenham unido nos momentos certos. Mas vejo muitos escritores novos a desanimarem quando o seu percurso para o sucesso não é tão fácil. Posso dizer com confiança que estaria a escrever livros, quer fizesse dinheiro com eles ou não. Escrever é algo que tenho que fazer pela minha própria sanidade.

Se eu pudesse dar um conselho, seria: não tenhas expectativas em relação à carreira [de escritor]. Escreve porque adoras e precisas escrever, não porque esperas que um dia pague as tuas contas. A possibilidade de isso acontecer é mínima, e se entrares nesta vida com grandes expectativas, provavelmente ficarás dececionado e amor pela escrita sofrerá. Se tiveres apenas um objetivo - terminar um livro -, qualquer coisa que acontecer depois disso será um bónus. Escreve porque gostas de escrever e por nenhuma outra razão.

 

 

4. Que livros leu recentemente e adorou?

 

Recentemente, li meu primeiro romance de Alison Santos chamado Limelight e gostei imenso. John Marrs é outro autor que descobri há pouco tempo. Todos os livros dele têm sido ótimos, por isso é sempre uma boa aposta. E tenho estado numa maratona de livros Young Adult, por isso recomendo o Be The Girl da K.A. Tucker, Emmy e Oliver, de Robin Benway.

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
2 relacionados
Sempre Tu

Sempre Tu

Colleen Hoover Edição | Topseller | junho de 2020 a partir de :16,91 €
Verity

Verity

Colleen Hoover Edição | Topseller | novembro de 2019 a partir de :15,92 €