Como Costa Montou a Geringonça em 54 Dias

Márcia Galrão (Autor) Rita Tavares (Autor) Lançado em setembro de 2016 Edição em Português
    • Como Costa Montou a Geringonça em 54 Dias_0
    Como Costa Montou a Geringonça em 54 Dias
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento setembro 2016
      Editor Lua de Papel

      Ver todas as características

    • Os bastidores do acordo histórico da Esquerda. António Costa gosta de puzzles, de preferência com milhares de peças. No xadrez político, e apesar do temperamento irascível, revela igual paciência. Quando no dia 4 de outubro de 2016 perdeu as eleições, já estava preparado, sabia o que tinha a fazer. Passados 54 dias, ao ser nomeado primeiro-ministro, pode ter surpreendido muita gente – mas não quem o conhece de perto. Porque, lá está, Costa é um mestre a montar puzzles. Ou geringonças. Ou o que for necessário para alcançar... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  12,72 €
    • 1 novo desde 15,90 €  
    • Todas as ofertas
      • 15,90 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (3264)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Resumo Como Costa Montou a Geringonça em 54 Dias

    Antonio Costa gosta de puzzles, de preferencia com milhares de pecas. No xadrez politico, e apesar do temperamento irascivel, revela igual paciencia. Quando no dia 4 de outubro de 2016 perdeu as eleic?es, ja estava preparado, sabia o que tinha a fazer. Passados 54 dias, ao ser nomeado primeiro-ministro, pode ter surpreendido muita gente - mas n?o quem o conhece de perto. Porque, la esta, Costa e um mestre a montar puzzles. Ou geringoncas. Ou o que for necessario para alcancar os objetivos. E o seu designio era ser primeiro-ministro. Suspeitava que n?o iria vencer as eleic?es, mas so um resultado o impediria de tentar chegar ao poder: a maioria absoluta da direita. Conversou, inquiriu, tomou o pulso aos rivais e aliados. Foi semeando a mensagem: mesmo derrotado, tentaria unir a esquerda em torno do seu governo. N?o foi facil, como mostram Marcia Galr?o e Rita Tavares. As jornalistas falaram com quase meia centena de intervenientes diretos e indiretos nestas negociac?es historicas. E relatam neste livro os principais passos de Costa, apoiado sempre na certeza de que os comunistas - inimigos historicos do PS - estavam disponiveis para negociar. Acompanhamos Costa (e aliados) as salas de hoteis, a S?o Bento ou ao Largo do Rato. Espreitamos as reuni?es do Comite Central. Ficamos a saber do telefonema entre Costa e Francisco Louc? no dia anterior as eleic?es ou o encontro secreto em casa de Ana Catarina Mendes. E apercebemo-nos de que aqueles dias foram, na verdade, o corolario de um trabalho de decadas. A construir aliancas e a sacrificar amigos.

    Mais Informações Como Costa Montou a Geringonça em 54 Dias

    Os bastidores do acordo histórico da Esquerda.

    António Costa gosta de puzzles, de preferência com milhares de peças. No xadrez político, e apesar do temperamento irascível, revela igual paciência. Quando no dia 4 de outubro de 2016 perdeu as eleições, já estava preparado, sabia o que tinha a fazer. Passados 54 dias, ao ser nomeado primeiro-ministro, pode ter surpreendido muita gente – mas não quem o conhece de perto. Porque, lá está, Costa é um mestre a montar puzzles. Ou geringonças. Ou o que for necessário para alcançar os objetivos. E o seu desígnio era ser primeiro-ministro. Suspeitava que não iria vencer as eleições, mas só um resultado o impediria de tentar chegar ao poder: a maioria absoluta da direita. Conversou, inquiriu, tomou o pulso aos rivais e aliados. Foi semeando a mensagem: mesmo derrotado, tentaria unir a esquerda em torno do seu governo.

    Não foi fácil, como mostram Márcia Galrão e Rita Tavares. As jornalistas falaram com quase meia centena de intervenientes diretos e indiretos nestas negociações históricas. E relatam neste livro os principais passos de Costa, apoiado sempre na certeza de que os comunistas – inimigos históricos do PS – estavam disponíveis para negociar. Acompanhamos Costa (e aliados) às salas de hotéis, a São Bento ou ao Largo do Rato. Espreitamos as reuniões do Comité Central. Ficamos a saber do telefonema entre Costa e Francisco Louçã no dia anterior às eleições ou o encontro secreto em casa de Ana Catarina Mendes. E apercebemo-nos de que aqueles dias foram, na verdade, o corolário de um trabalho de décadas. A construir alianças e a sacrificar amigos.

    Características detalhadasComo Costa Montou a Geringonça em 54 Dias

    CARACTERÍSTICAS DO EBOOK

    • Formato ePub
    • Editor Lua de Papel
    • Data de lançamento setembro 2016
    • EAN 9789892336701
    QUE FORMATO PARA O MEU EBOOK?

    OUTRAS OBRAS de Márcia Galrão

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Como Costa Montou a Geringonça em 54 Dias

    Condições de Utilização

    Ver também