Contos

Eça de Queirós (Autor) Edição em Português
    Contos_0
    Contos
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor A Bela e o Monstro
      Coleção Klássicos

      Ver todas as características

    • Eça escreveu contos ao longo de toda a sua vida, desde a Gazeta de Portugal (1866) até à Revista Moderna (1897-1900), na maioria dos casos como forma de colaboração em revistas e jornais, portugueses e brasileiros, mas também destinados à organização de almanaques. Acabou por deixar alguns inéditos. Depois da sua morte, o amigo Luís de Magalhães reuniu e publicou em 1902 contos deixados dispersos com o título "Contos", mas só no século atual se dispõe duma edição que reúne todos os contos de Eça, inéditos e publicados. Nos... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  4 €
    • 1 novo desde 5 €  
    • 5 € 4 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Contos

    • PROMOÇÃO 72H CHRONO FNAC
    72H CHRONO FNAC: Até 80% desconto imediato em Tecnologia, Livros e Entretenimento.
    Promoção Exclusiva Online, válida de 17 a 19 de fevereiro de 2020.
    Aplicável nos artigos assinalados e vendidos pela Fnac.pt (exclui Marketplace e eBooks).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os descontos Cartão Fnac.
    Artigos de Tecnologia limitados a 2 unidades por NIF.
    Portes Grátis para encomendas de valor igual ou superior a 15€ (exclui Marketplace), válido para entregas em Portugal Continental em 1 dia útil ou levantamento nas lojas FNAC.

    Mais Informações Contos

    Eça escreveu contos ao longo de toda a sua vida, desde a Gazeta de Portugal (1866) até à Revista Moderna (1897-1900), na maioria dos casos como forma de colaboração em revistas e jornais, portugueses e brasileiros, mas também destinados à organização de almanaques. Acabou por deixar alguns inéditos. Depois da sua morte, o amigo Luís de Magalhães reuniu e publicou em 1902 contos deixados dispersos com o título "Contos", mas só no século atual se dispõe duma edição que reúne todos os contos de Eça, inéditos e publicados.

    Nos "Contos" pode dizer-se que está o Eça todo: a mestria narrativa, revelada desde o conto de juventude, "Singularidades de Uma Rapariga Loira" (recentemente adaptado a cinema por Manoel de Oliveira), a arte da construção da personagem apenas insinuada, a ironia geradora de duplicidade, a crítica de costumes, a eficaz sugestão dos ambientes, a crítica do cientificismo e o gosto pela natureza ("Civilização"), inclusivamente a arte de construir obras abertas a uma pluralidade de sentidos, patente na obra-prima da maturidade que é o conto "José Matias".

    Características detalhadasContos

    OUTRAS OBRAS de Eça de Queirós

    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      1
    Opiniões Verificadas
    5 Coleção Klássicos Publicado em 14 ago 2018

    Ando a reunir estes livros. Preço bastante acessível.


     Este comentário foi útil?

    Ver também