Crítica da Razão Prática

Kant (Autor) Edição em Português
    • Crítica da Razão Prática_0
    Crítica da Razão Prática
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Edições 70
      Coleção Textos Filosóficos

      Ver todas as características

    • "Entre a Crítica da Razão Pura" (1781) e a "Crítica do Juízo" (1790), a "Crítica da Razão Prática" constitui, em termos gerais, uma resposta à interrogação moral «que devo fazer?». Ocupa-se, portanto, da razão na sua aplicação prática, enquanto determinação da vontade de agir, e estabelece a seguinte lei fundamental: «Age de tal modo que a máxima da tua vontade possa valer sempre ao mesmo tempo como princípio de uma legislação universal».

    • Vendido pela Fnac  12,51 €
    • 2 novos desde 13,90 €  
    • 13,90 €

      Disponível

      Envio normal : 2,99 €

      Envio com Tracking : 3,50 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      Gomes Books
      (Vendedor profissional)
      3264 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Portugal Continental
      Prazo médio de entrega
      Entre 2 e 3 dias úteis
      Taxa de aceitação
      99,60%
      Todas as ofertas
      • 13,90 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (3264)
      • 131,59 € Custos de envio +14,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        CulturaBrasil
        (2139)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Crítica da Razão Prática

    "Entre a Crítica da Razão Pura" (1781) e a "Crítica do Juízo" (1790), a "Crítica da Razão Prática" constitui, em termos gerais, uma resposta à interrogação moral «que devo fazer?». Ocupa-se, portanto, da razão na sua aplicação prática, enquanto determinação da vontade de agir, e estabelece a seguinte lei fundamental: «Age de tal modo que a máxima da tua vontade possa valer sempre ao mesmo tempo como princípio de uma legislação universal».

    Características detalhadasCrítica da Razão Prática

    OUTRAS OBRAS de Kant

    Ver também