D. Beatriz de Portugal

Lançado em abril de 2019 (ePub) em Português
    D. Beatriz de Portugal_0
    D. Beatriz de Portugal
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento abril 2019
      Editor Manuscrito Editora
      Formato ePub

      Ver todas as características

    • «Ler esta obra é um convite a percorrer as cortes europeias do século XVI. Ler esta obra é um desafio a conhecer, resgatada do passado, a biografia de uma mulher. Ler esta obra é deixar-se seduzir por uma narrativa histórica plena de cientificidade, mas nem por isso menos sedutora, que nos vivifica a memória do passado.»
      Maria Helena da Cruz Coelho, in Prefácio. Quem foi Beatriz de Sabóia, a infanta esquecida? A historiadora Ana Isabel Buescu traça o retrato da terceira filha do rei D. Manuel I e de D. Maria, nascida em...
      Ver mais

    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Resumo D. Beatriz de Portugal, a Infanta Esquecida

    «Ler esta obra é um convite a percorrer as cortes europeias do século XVI. Ler esta obra é um desafio a conhecer, resgatada do passado, a biografia de uma mulher. Ler esta obra é deixar-se seduzir por uma narrativa histórica plena de cientificidade, mas nem por isso menos sedutora, que nos vivifica a memória do passado.» Maria Helena da Cruz Coelho, in Prefácio. Quem foi Beatriz de Sabóia, a infanta esquecida? A historiadora Ana Isabel Buescu traça o retrato da terceira filha do rei D. Manuel I e de D. Maria, nascida em 31 de Dezembro de 1504, em Lisboa. Cresceu na opulência da corte do pai. O seu nome rapidamente entra no «mercado de casamentos» das cortes europeias. A proposta de união com Beatriz partiu do duque de Sabóia, Carlos II, que vivendo sob a ameaça francesa e com graves dificuldades financeiras pretendia, com esta aliança matrimonial, o apoio do rico e prestigiado rei português. Em 7 de Abril de 1521 realizou-se, no paço da Ribeira, o casamento por procuração entre Carlos II e Beatriz de Portugal, portadora de um valioso dote em dinheiro, jóias, alfaias de prata e tapeçarias. No dia 10 de Agosto, com os seus oficiais, damas e muitos acompanhantes, Beatriz disse um derradeiro adeus a Lisboa e partiu rumo a Nice. Duquesa de Sabóia no dramático período das guerras entre Carlos V e Francisco I, Beatriz, conhecida pelo seu porte altivo e dotada de grande inteligência, teve um importante papel no governo do ducado. Mãe por dez vezes, morreu no parto aos 33 anos. Sobreviveu-lhe apenas o varão Emanuel Filiberto, que herdou o nome do seu avô materno e a determinação da mãe. Já duque de Sabóia, após a morte de D. Sebastião em 1578, Emanuel Filiberto foi um dos vários candidatos ao trono português, que veio a ser ocupado por Filipe I. Uma história pouco conhecida de Beatriz de Portugal, filha de D. Manuel I e D. Maria, filha dos Reis Católicos, casada com Carlos II, duque de Sabóia.

    Escolhas dos nossos vendedores

    Magda Soares FNAC Almada

    D. Beatriz de Portugal.

    D. Beatriz, mulher dotada de uma grande inteligência, parte para Nice a 10 de Agosto de 1521, tornando-se esposa de Carlos II de Sabóia. E aqui começa a história de uma personagem pouco conhecida da história de Portugal que morre aos 33 anos após dar à luz 10 vezes.

    Características detalhadasD. Beatriz de Portugal, a Infanta Esquecida

    CARACTERÍSTICAS DO EBOOK

    QUE FORMATO PARA O MEU EBOOK?

    OUTRAS OBRAS de Ana Isabel Buescu

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES D. Beatriz de Portugal, a Infanta Esquecida

    Condições de Utilização

    Ver também