Da Relevância da Culpa nos Efeitos Patrimoniais do Divórcio

Eva Dias Costa (Autor) Lançamento a 1 janeiro 2005 Edição em Português
    Da Relevância da Culpa nos Efeitos Patrimoniais do Divórcio_0
    Da Relevância da Culpa nos Efeitos Patrimoniais do Divórcio_1
    Da Relevância da Culpa nos Efeitos Patrimoniais do Divórcio
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 01/01/2005
      Editor Almedina
      Coleção Monografias
    • Qual a relevância que, nos efeitos do divórcio, deve ter a ponderação da contribuição de cada um dos cônjuges? No nosso país, as normas que regulam o divórcio consagram um sistema misto e impõem ao Tribunal que proceda, nos processos litigiosos, à verificação da culpa dos cônjuges. Todavia, para além da repercussão directa na acção de divórcio, a culpa, no que respeita aos efeitos do divórcio, reveste, na grande maioria dos casos, um carácter sancionatório meramente eventual. Estas sanções constituirão um anacronismo ou... Ver mais

    • Vendido pela FNAC  9,08 €
    • 1 novo em Marketplace desde 10,09 €  
    • 10,09 €
      9,08 €

      Encomenda ao editor, expedido em 2 a 4 dias

      Recebe numa morada a partir de 30 €

      Ver stock em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    1 oferta especial Da Relevância da Culpa nos Efeitos Patrimoniais do Divórcio

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Resumo

    Qual a relevância que, nos efeitos do divórcio, deve ter a ponderação da contribuição de cada um dos cônjuges?

    No nosso país, as normas que regulam o divórcio consagram um sistema misto e impõem ao Tribunal que proceda, nos processos litigiosos, à verificação da culpa dos cônjuges. Todavia, para além da repercussão directa na acção de divórcio, a culpa, no que respeita aos efeitos do divórcio, reveste, na grande maioria dos casos, um carácter sancionatório meramente eventual. Estas sanções constituirão um anacronismo ou terão antes por base um resíduo da concepção sancionatória de que enferme ainda o sistema actual?

    O trabalho que ora se apresenta pretende lançar alguma luz sobre estes problemas. Defende como ideal um sistema em que o fundamento base do divórcio fosse a ruptura irreversível da relação matrimonial, constatada por determinados factos e dependente de averiguação e controlo judicial e no qual as consequências patrimoniais do divórcio fossem definidas com apoio em critérios de equidade, sem ignorar as circunstâncias concretas da cada família e a conduta dos cônjuges de fornia geral. A culpa - ou a conduta culposa - dos cônjuges manteria aqui alguma relevância, já não com base em conceitos de ilícito matrimonial, mas como critério de obtenção da melhor repartição possível dos custos pessoais e patrimoniais do divórcio, com foco também na conduta culposa presente e continuada, relevante para o bem estar dos ex-cônjuges e dos filhos.

    Opiniões dos nossos clientes Da Relevância da Culpa nos Efeitos Patrimoniais do Divórcio

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Características detalhadas

    Editor

    Almedina

    Data de lançamento

    01/01/2005

    Coleção

    Monografias

    EAN

    978-9724024226

    ISBN

    9789724024226

    Dimensões

    15,9 x 22,5 x 0,6 cm

    Nº Páginas

    157

    Encadernação

    Capa Mole