Deuses de Barro

Agustina Bessa-Luís (Autor) Lançamento a 15 novembro 2017 Edição em Português
    Deuses de Barro_0
    Deuses de Barro
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 15/11/2017
      Editor Relógio d'Água
      Coleção Ficção Portuguesa

      Ver todas as características

    • «“Nós devemos escrever sobre aquilo que conhecemos”, foi sempre o conselho dado por Agustina aos que se inici-avam na escrita. E foi por onde também começou — pelo mundo rural que tão bem conhecia, a Casa do Paço, em Travanca, aquele mundo fechado que frequentara em cri-ança e adolescente, onde o convívio com as tias Maria e Amélia, sobretudo Amélia (a Sibila), fora o exemplo para a sua vida, um legado de sabedoria transmitido como uma profecia. As duas últimas páginas d’"A Sibila" testemunham, numa linguagem oracular, como... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  14,40 €
    • 1 novo desde 20 €  
    • Todas as ofertas
      • 20 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        LivroBrasileiro
        (101)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Mais Informações Deuses de Barro

    «“Nós devemos escrever sobre aquilo que conhecemos”, foi sempre o conselho dado por Agustina aos que se inici-avam na escrita. E foi por onde também começou — pelo mundo rural que tão bem conhecia, a Casa do Paço, em Travanca, aquele mundo fechado que frequentara em cri-ança e adolescente, onde o convívio com as tias Maria e Amélia, sobretudo Amélia (a Sibila), fora o exemplo para a sua vida, um legado de sabedoria transmitido como uma profecia. As duas últimas páginas d’"A Sibila" testemunham, numa linguagem oracular, como num transe arrepiante e comovente, pela revelação do profundo, a transmissão de um destino, que ela, Agustina, terá de continuar a cumprir, depois da morte da Sibila.
    "Deuses de Barro", se por um lado é um esboço para a descoberta dos mundos fechados que integram estes três romances iniciais, por outro, representa já um grito de liberdade, ousadia, revolta e desafio contra os deuses de barro que nos vigiam, nos tolhem, com quem somos obrigados a conviver e a venerar.»
    Do Prefácio

    Características detalhadasDeuses de Barro

    OUTRAS OBRAS de Agustina Bessa-Luís

    Ver também