Diário Inédito

Vergílio Ferreira (Autor) Espólio Lançado em março de 2010 Edição em Português
    • Diário Inédito_0
    Diário Inédito
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento março 2010
      Editor Quetzal Editores

      Ver todas as características

    • Publicação de manuscritos do espólio de Vergílio Ferreira, correspondentes a um diário que escreveu, com algumas interrupções, entre 1944 e 1949. Este diário foi escrito entre os 26 e os 32 anos e documenta uma fase da evolução do jovem romancista na época em que começou a interessar-se pela literatura de obras de filósofos (entre os quais avulta Sartre) e em que escreveu o romance "Mudança" que, como é sabido, representou um marco de viragem na evolução da sua obra. Contém reflexões literárias e filosóficas, comentários de... Ver mais

    • 15,50 € 12,40 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Diário Inédito

    • PROMOÇÃO FLASH SALES
    PROMOÇÃO FLASH SALES: Até -60% numa seleção de artigos de Tecnologia, Livros e Entretenimento.
    Promoção válida de 15 a 18 de novembro de 2019.
    Aplicável nos artigos assinalados (exclui Marketplace, eBooks e Pré-Vendas).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os descontos Cartão Fnac.
    Artigos de Tecnologia limitados a 2 unidades por NIF.
    A promoção em Livros, Papelaria e Gifts é exclusiva online.
    Portes grátis em todo o site em compras acima de 15€ com entregas em Portugal Continental no serviço CTT aplicável em artigos vendidos pela Fnac (exclui Marketplace).

    Descrição Diário Inédito

    Publicação de manuscritos do espólio de Vergílio Ferreira, correspondentes a um diário que escreveu, com algumas interrupções, entre 1944 e 1949. Este diário foi escrito entre os 26 e os 32 anos e documenta uma fase da evolução do jovem romancista na época em que começou a interessar-se pela literatura de obras de filósofos (entre os quais avulta Sartre) e em que escreveu o romance "Mudança" que, como é sabido, representou um marco de viragem na evolução da sua obra. Contém reflexões literárias e filosóficas, comentários de leituras e de episódios do dia-a-dia, evidenciando já algumas características que virão, muitos anos mais tarde, a expandir-se em "Conta-Corrente".

     «...a gaveta de esquissos de uma obra que só ganhou forma mais tarde e a que o autor deu o pertinente título de Contra-Corrente.»
    Carlos Bessa, Expresso, Actual

    «...Vergílio Ferreira concebeu sempre o diário como uma espécie de depósito daquilo que o curso do tempo fornece de maneira avulsa e corresponde à camada mais superficial da existência.»
    António Guerreiro, Expresso, Actual

    «Escrever era, para Vergílio Ferreira, mais do que alinhavar uma qualquer história, princípio, meio e fim. Escrevia para pensar, para desvendar enigmas.»
    Sílvia Souto Cunha, Revista Visão

    Características detalhadasDiário Inédito

    • Autor Vergílio Ferreira
    • Editor Quetzal Editores
    • Data de lançamento março 2010
    • EAN 978-9725648612
    • ISBN 9789725648612
    • Dimensões 15 x 23 cm
    • Nº Páginas 192
    • Encadernação Capa Mole

    OUTRAS OBRAS de Vergílio Ferreira

    Ver também