Discursos

Mark Twain (Autor) Lançamento a 31 outubro 2019 Edição em Português
    Discursos_0
    Discursos
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento 31/10/2019

      Ver todas as características

    • Colecção de Literatura de Humor, dirigida por Ricardo Araújo Pereira TODOS OS DISCURSOS DE UM DOS MAIS CÓMICOS E SAGAZES ORADORES DO SEU TEMPO (E, QUIÇÁ, DE SEMPRE, embora ele discordasse): MARK TWAIN Pode ser mais conhecido por ter escrito as aventuras de Tom Sawyer e Huckleberry Finn, ou pelo muito citado desmentido «as notícias da minha morte são manifestamente exageradas», mas, no seu tempo, sempre que Mark Twain falava em público era um acontecimento. E um acontecimento muito divertido. Feriados nacionais, aniversários... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  19,92 €
    • 1 novo desde 24,25 €  
    • Todas as ofertas
      • 24,25 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Oceanum
        (2081)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Mais Informações Discursos

    Colecção de Literatura de Humor, dirigida por Ricardo Araújo Pereira TODOS OS DISCURSOS DE UM DOS MAIS CÓMICOS E SAGAZES ORADORES DO SEU TEMPO (E, QUIÇÁ, DE SEMPRE, embora ele discordasse): MARK TWAIN Pode ser mais conhecido por ter escrito as aventuras de Tom Sawyer e Huckleberry Finn, ou pelo muito citado desmentido «as notícias da minha morte são manifestamente exageradas», mas, no seu tempo, sempre que Mark Twain falava em público era um acontecimento. E um acontecimento muito divertido.

    Feriados nacionais, aniversários, banquetes de homenagem, cerimónias de graduação, festas de pequenas associações ou grandes eventos de solidariedade – Mark Twain foi convidado para falar em todas estas ocasiões, e aqui, numa recolha de mais de quatro décadas de discursos, prova-se que conseguiu ser sempre memorável. Falou de cigarros, chapéus, bilhar, poesia, impostos e direitos das mulheres, fez brindes de celebração e ofendeu alguns celebrados, mas, acima de tudo, divertiu-se e fez rir. Felizmente, ainda faz. «Quando Mark Twain entrou em palco com o seu cabelo revolto, dir-se-ia um halo a rodear-lhe a cabeça, e um semblante em que se lia um grande desalento, foi acolhido por uma prolongada salva de palmas.

    Aparentemente sem recuperar o ânimo, caminhou em passadas largas até ao palanque, apoiou-se nele com a mão direita e começou a falar.» – New York Sun, 19 de Novembro de 1884 «Por vezes, um determinado trecho do repertório torna-se incrivelmente relevante durante alguns anos, para depois arrefecer, no momento em que outros problemas sociais passam a ocupar o primeiro plano. É então, porém, que um outro monólogo, que até então ocupou um nicho modesto, útil mas não triunfante, entra em combustão espontânea e exibe com um sorriso irónico a sua compreensão intemporal do nosso mundo tresloucado.» – Hal Holbrook, Introdução «O meu primeiro antepassado americano, meus senhores, foi um índio.

    Os vossos antepassados esfolaram-no vivo, e agora eis-me órfão. Eu nem criticaria esse gesto, caso precisassem da pele dele; mas vivo, meus senhores – vivo! Pensem só como o índio se deve ter sentido; é que ele era uma pessoa sensível, que se acanhava com muita facilidade. Deve ter-se sentido despido, depenado como um frango. E despido já ele andava normalmente: deve ter-se sentido duplamente despido.»

    Mark Twain, discurso proferido no Primeiro Jantar Anual da Sociedade da Nova Inglaterra da Pensilvânia, 22 de Dezembro de 1881

    Características detalhadasDiscursos

    • Autor Mark Twain
    • Data de lançamento 31/10/2019
    • EAN 978-9896715137
    • ISBN 9789896715137
    • Dimensões 14 x 21 cm
    • Nº Páginas 400
    • Encadernação Cartonado

    OUTRAS OBRAS de Mark Twain

    Ver também