• Loja
  • Blog FNAC
Música

E tudo a FNAC mudou: Os 20 artistas que nem fazias ideia que foram Novos Talentos FNAC

ExpertFnac
Por ExpertFnac
Em 12/03/2018
432
E tudo a FNAC mudou: Os 20 artistas que nem fazias ideia que foram Novos Talentos FNAC

Os prémios Novos Talentos FNAC incentivam a liberdade artística e promovem a diversidade cultural. Com este projeto a FNAC dá destaque a artistas nacionais ainda desconhecidos que prometem dar cartas nas áreas da literatura, da música e da fotografia. Ao longo dos anos, têm sido vários os talentos a crescer através desta iniciativa na área da música.


B Fachada

Além de cantor é também autor e multi-instrumentista. Fez parte da banda Diabo na Cruz, mas hoje em dia é em nome individual que canta as suas músicas.

 

 

Capicua

Nasceu no Porto, no meio de rimas e palavras ditas ao contrário, e é com 15 anos que descobre o Hip Hop. Depois de várias colaborações, é em 2012 que edita o seu primeiro álbum em nome próprio, Capicua LP, o mesmo ano em que entra no álbum dos Novos Talentos FNAC. 

 


Capitão Fausto

São uma banda de rock de Lisboa, como os próprios integrantes descrevem, pois é com simplicidade que vivem a sua música. O último álbum apresenta um registo entre o rock e o pop, revelando cada vez mais maturidade na capacidade lírica e na forma complexa como constroem as suas melodias. 



Deolinda

O projeto musical surgiu em 2006, 2 anos depois lançaram o seu primeiro CD, Canção ao Lado, mas foi em 2007 que entraram no CD dos Novos Talentos FNAC, com o tema “Contado Ninguém Acredita”. 10 anos depois, a banda decidiu fazer uma pausa por tempo indeterminado, para que os seus integrantes se dediquem a outras atividades artísticas. 



Diabo na Cruz

A banda formada em 2008 foi uma das responsáveis por fazer crescer a música portuguesa, pois foi capaz de compreender a sua herança cultural. Tem como base uma mistura de rock’n’roll com a tradição oral do país, dá uso a instrumentos tradicionais e tem uma influência musical muito vasta. 



DJ Ride

Com uma carreira consolidada, o sucesso tem sido enorme, já foi campeão do mundo de scratch em conjunto com Stereossauro, tem seis títulos a nível nacional e é considerado um pioneiro na sua arte. É nerd do scratch, designer do som e vê na música a sua musa inspiradora.



Frankie Chavez

Tem vindo a ser reconhecido como a mais recente revelação do Sul da Europa, é um dos mais promissores talentos da nova música portuguesa. Combina sonoridades distintas que resultam numa conjugação entre o Blues e o Folk.



Márcia

Lançou o seu primeiro CD a solo em 2009, no mesmo ano em que a sua música “A pele que há em mim (Quando o dia entardeceu)” fez parte do disco dos Novos Talentos FNAC, esta continua a ser, até ao momento, uma das melodias de maior sucesso da cantora. 



Mazgani

De origem iraniana, Mazgani é escritor, cantor e guitarrista e chegou a Portugal durante a sua infância. Em 2005 foi considerado um dos 20 melhores novos artistas Europeus pela revista francesa “Les Inrockuptibles”, mas é só em 2007 que lança o seu primeiro CD, "Song of the New Heart".



Orelha Negra

Sam the Kid, Dj Cruzfader, Francisco Rebelo, João Gomes e Fred Pinto Ferreira são os fundadores do projeto musical Orelha Negra. Com uma ideia inovadora nas suas mentes, apresentam o único grupo de Hip Hop em Portugal que não tem um vocalista, e que nem precisa de um, pois é com sons, samples, batidas certas e scratches inesperados que se comunicam com o público. 



Os Pontos Negros

2005 foi o ano de início para a banda de Jónatas e David Pires, que tem desde a sua origem uma ligação direta com o rock, aos dois irmãos juntaram-se também Silas Ferreira e Philip Sousa. Afastados das luzes da ribalta e sem novos discos há alguns anos, são daquelas bandas que deixam sempre saudades. 



Paus

A banda nasceu da vontade dos quatro integrantes fazerem música com um estilo diferente. Constituída por dois bateristas, um baixista e um teclista, lançaram o seu primeiro EP “É uma Água”, com 4 músicas, em 2010, ano em que participaram nos principais festivais de verão e entraram nos Novos Talentos FNAC. 



Peixe: Avião

Nascida em 2006 na cidade de Braga, o seu primeiro EP teve um grande apoio da imprensa e da rádio local. Com um estilo indie rock, são atualmente uma das bandas que mais marcaram a última década do rock português. 



Richie Campbell

O cantor português, reconhecido como um fenómeno da internet a nível nacional, fez história ao esgotar o Campo Pequeno sem ter uma editora, em 2011. Em 2015 lançou o CD “In The 876” sem qualquer aviso prévio, algo único em Portugal, que atingiu o top de vendas digitais em 2 horas.



Rita Redshoes

A carreira da cantora começou como baterista no grupo de Teatro ITA VERO, tendo ainda passado pelo papel de teclista na banda de suporte de David Fonseca. Em 2007, o seu single “Dream On Girl” ganha fama, integrando também a colectânea Novos Talentos FNAC, no ano seguinte é editado o seu disco de estreia, “Golden Era”.



Samuel Úria

O música captou o interesse da imprensa portuguesa com o álbum “Nem Lhe Tocava”, sendo considerado um dos mais importantes escritores de canções da atualidade. A 10 de Julho de 2009 gravou, num só dia, o disco “A Descondecoração de Samuel Úria”, transmitido em direto na internet para que os espectadores pudessem enviar sugestões por email.



Sean Riley & The Slowriders

O percurso da banda de Coimbra tem início em 2007 com o lançamento do álbum Farewell, que coincide com a participação na colectânea de Novos Talentos. As suas músicas, próximas da tradição americana de folk, rock e blues, têm sido aclamadas pela crítica, em grande parte pelas boas prestações ao vivo.



The Black Mamba

A banda que abrange o universo do blues, soul e funk apresenta-se oficialmente ao público em 2012 com o single “It Ain’t You”, que ficou em 1º lugar de vendas no iTunes. Depois do sucesso nacional veio a internacionalização, passaram por Londres, Luanda, Madrid, Sevilha, Rio de Janeiro e São Paulo. 



We Trust

A banda que começou por tocar no palco secundário do Festival Paredes de Coura em 2011, anunciou uma pausa no projeto nesse mesmo festival em 2016, durante a sua atuação no palco principal. Até à data, não existem mais novidades sobre um possível regresso.



You Can’t Win, Charlie Brown

Surgiram em 2009, ano em que fizeram parte do disco de Novos Talentos, dois anos depois lançaram o seu disco de estreia, “Chromatic”, que lhes abriu as portas para concertos em salas e festiviais importantes dentro e fora do país.


A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
8 relacionados
Soba Lobi (DGP)

Soba Lobi (DGP)

Os Pontos Negros, Os Pontos Negros CD | CD Álbum | Optimus discos | a partir de :8,05 €
Medusa

Medusa

Capicua Ver todo o seu universo CD | CD Álbum | Valentim de Carvalho | a partir de :9,99 €
Nem Lhe Tocava

Nem Lhe Tocava

SAMUEL ÚRIA CD | CD Álbum | Fantasy Day | a partir de :9,90 €
Golden Era

Golden Era

Rita Redshoes Ver todo o seu universo CD | CD Álbum | Universal Music |
Everyday Heroes

Everyday Heroes

We Trust CD | CD Álbum | We trust |
In the 876

In the 876

Richie Campbell Ver todo o seu universo CD | CD Álbum | Sony | a partir de :7 €
From Scratch

From Scratch

DJ Ride CD | CD Álbum | Edições Valentim de Carvalho | a partir de :7,25 €
Outras Histórias (Edição Exclusiva Fnac) (Digipack)

Outras Histórias (Edição Exclusiva Fnac) (Digipack)

Deolinda Ver todo o seu universo CD | CD Álbum | Universal Music | fevereiro de 2016
Atenção Ocorreu um erro, por favor, tenta novamente mais tarde.