Estúdio

Nuno Carvalho (Autor) RAMALHO, NUNO (Autor) Renato Ferrão (Autor) Lançado em janeiro de 2009 Edição em Português
    Estúdio_0
    Estúdio
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento janeiro 2009
      Editor Assírio & Alvim
      Coleção Arte e Produção

      Ver todas as características

    • «"Estúdio" consiste num conjunto de pistas ou de gestos subtis que podem e devem ser entendidos como provocações, o primeiro dos quais tem lugar precisamente quando nos confrontamos como título da exposição. Na sua acepção comum, o vocábulo estúdio aponta para um local de trabalho; mais que isso, aponta para um lugar de trabalho — um espaço habitado por uma determinada intimidade e animado pelo tipo de labor que tendemos a considerar como contraponto directo de universos burocráticos ou tecnocráticos. Significa isto que à... Ver mais

    • 15 € 13,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Estúdio

    • PROMOÇÃO EXCLUSIVA ONLINE
    PROMOÇÃO EXCLUSIVA ONLINE: 10% Desconto Imediato em Todos os Livros.
    Promoção válida de 6 a 31 de março de 2020 em Fnac.pt.
    Aplicável nos artigos vendidos pela Fnac.pt (exclui Marketplace, Kobo, eBooks e Livro Escolar).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os 10% desconto imediato em livros para aderentes Cartão Fnac.

    Mais Informações Estúdio

    «"Estúdio" consiste num conjunto de pistas ou de gestos subtis que podem e devem ser entendidos como provocações, o primeiro dos quais tem lugar precisamente quando nos confrontamos como título da exposição. Na sua acepção comum, o vocábulo estúdio aponta para um local de trabalho; mais que isso, aponta para um lugar de trabalho — um espaço habitado por uma determinada intimidade e animado pelo tipo de labor que tendemos a considerar como contraponto directo de universos burocráticos ou tecnocráticos. Significa isto que à ideia comum de estúdio está associada uma noção de criatividade e de liberdade muito pouco condicente com qualquer procedimento prescritivo. Neste contexto, porém, a escolha do termo estúdio — em detrimento de outros como atelier — vem sublinhar a estreita conexão daquele espaço com a prossecução do estudo e, por conseguinte, com a esfera do conhecimento. Não será com estranheza, então, que encontramos esta exposição pautada por imagens que nos remetem para o universo de uma aula de desenho à vista. Todo o seu característico aparato está ali representado: praticantes apetrechados com blocos de papel e instrumentos riscadores distribuem-se pelo espaço de uma sala e observam atentamente os objectos que se oferecem como modelos. A aura de rito iniciático que perpassa por esta paisagem poderia sugerir-nos estarmos perante o grau zero do desenho; e embora este não seja um cenário a descartar […] é óbvio que o desenho não começa na sala de aula. O que ali tem início, sabemo-lo bem, é a institucionalização de uma ideia de desenho como tradução de um objecto num plano bidimensional através de um conjunto de instrumentos e de modelos convencionados. Herdeira de toda uma tradição pedagógica que remonta à Didactica Magna de Comenius, a aula de desenho à vista é o instrumento basilar de uma função normativa, cujos método e objectivo são claros, concretos e definidos à partida. No estúdio agiliza-se uma máquina intangível, o engenho da produção competente de uma dada forma de conhecer, assimilar e reproduzir o visível.»
    Bruno Marchand

    Características detalhadasEstúdio

    OUTRAS OBRAS de Nuno Carvalho

    Ver também