Fantasmagorias

Virginia Woolf (Autor) Deambulando Pelas Ruas de Londres Edição em Português
    Fantasmagorias_0
    Fantasmagorias
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Feitoria dos Livros
      Coleção Literatura

      Ver todas as características

    • "Deambulando Pelas Ruas de Londres", foi publicado em 1927 na revista americana The Yale Review. Este texto original de Virgina Woolf, «Street Haunting. A London Adventure», só postumamente, em 1942, seria publicado em edição inglesa da Hogarth Press, num volume que reúne vários textos da autora, com o título "The Death of The Moth".
      Um dos aspectos mais significativos do texto é a noção de viagem que, ora implícita ora explicitamente, é uma constante.
      O desejo de viagem, materializado no pretexto de comprar um lápis,...
      Ver mais

    • 12,80 € 10,24 €

      Em stock online

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Fantasmagorias

    • PROMOÇÃO EXCLUSIVA ONLINE
    PROMOÇÃO EXCLUSIVA ONLINE: 20% desconto imediato numa seleção de livros da Editora Colares.
    Promoção válida de 18 de novembro a 15 de dezembro 2019.
    Limitado ao stock existente e aplicável apenas a artigos vendidos pela Fnac, exceto Marketplace e eBooks.
    Não acumulável com outras campanhas ou promoções nem com os 10% desconto imediato em livros para aderentes Cartão Fnac.

    Descrição Fantasmagorias

    "Deambulando Pelas Ruas de Londres", foi publicado em 1927 na revista americana The Yale Review. Este texto original de Virgina Woolf, «Street Haunting. A London Adventure», só postumamente, em 1942, seria publicado em edição inglesa da Hogarth Press, num volume que reúne vários textos da autora, com o título "The Death of The Moth".
    Um dos aspectos mais significativos do texto é a noção de viagem que, ora implícita ora explicitamente, é uma constante.
    O desejo de viagem, materializado no pretexto de comprar um lápis, leva a múltiplas deambulações através da cidade, da memória e do sonho, sempre remetendo para a necessidade de evasão. Entre o realismo e o visionário, com a multiplicidade das suas ruas e vidas anotadas no presente que passa, a cidade é o lugar onde é possível registar a confluência múltipla de tempos e experiências. Londres é, simultaneamente, matéria-prima, instrumento de registo e suporte onde se gravam as palavras. É a cidade como matriz da escrita de Virginia Woolf, trazendo-nos à memória Baudelaire e a cidade de Paris ou a Lisboa de Cesário Verde.
    «É verdade: evadir-se é o maior dos prazeres; deambular como um fantasma pelas ruas, no Inverno, a maior das aventuras».

    Características detalhadasFantasmagorias

    OUTRAS OBRAS de Virginia Woolf

    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      1
    Opiniões Verificadas
    5 Surpreendente!! Publicado em 15 set 2019

    Interessante a visão, desta autora como consegue narra com alguma estranheza, as seus deliciosos sonhos e desvarios.


     Este comentário foi útil?

    Ver também