Lopes-Graça | Músicas Festivas Vol.2

Fernando Lopes-Graça (Compositor) António Rosado (Piano) Fernando Lopes-Graça (1906-1994) (CD Álbum)
    Lopes-Graça | Músicas Festivas Vol.2_0
    Lopes-Graça | Músicas Festivas Vol.2
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    •  A Althum.com tem o prazer de lançar o segundo volume das Músicas Festivas de Fernando Lopes-Graça, interpretadas por António Rosado. Este novo volume apresenta as restantes 18 Músicas Festivas, sendo 9 delas as Danças Breves dedicadas ao compositor húngaro Andor Földes. Em 1962, ano em que inicia a composição das Músicas Festivas, Fernando Lopes-Graça muda-se de Lisboa, onde ainda compõe a primeira peça deste ciclo, para um apartamento na Parede. Aí, um pequeno gabinete com um piano vertical passará a ser a... Ver mais

    • 11,99 €
      11,99 €

      Apenas 3 em stock

      Ver stock em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
      Ofertas neste produto
      FLASH SALES 2=3
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    2 ofertas especiais Lopes-Graça | Músicas Festivas Vol.2

    • 5% DESCONTO EM CARTÃO FNAC
    • FLASH SALES 2=3
    FLASH SALES: Leva 3 Paga 2 em toda a Música, Filmes e Merchandising.
    Na compra conjunta de 3 artigos destas áreas com a indicação de “FLASH SALES: 2=3”, o artigo de menor valor tem um desconto de 100%.
    Promoção válida de 27 de outubro a 2 de novembro de 2020.
    Aplicável nos artigos assinalados (exclui Pré-Vendas, Merchandising Gaming e Marketplace).
    Limitado ao stock existente e não acumulável com outras promoções. Acumula com os 5% em Cartão Fnac.

    Avaliação da FNAC

     

    A Althum.com tem o prazer de lançar o segundo volume das Músicas Festivas de Fernando Lopes-Graça, interpretadas por António Rosado. Este novo volume apresenta as restantes 18 Músicas Festivas, sendo 9 delas as Danças Breves dedicadas ao compositor húngaro Andor Földes.

     

    Em 1962, ano em que inicia a composição das Músicas Festivas, Fernando Lopes-Graça muda-se de Lisboa, onde ainda compõe a primeira peça deste ciclo, para um apartamento na Parede. Aí, um pequeno gabinete com um piano vertical passará a ser a oficina do compositor até à sua morte. Após uma fase emocionalmente dilacerante que culminara nessa obra-prima que é Canto de Amor e de Morte (1961), este ciclo de Músicas Festivas parece inaugurar, simbolicamente, uma nova fase na vida do compositor. Obras de circunstância, estas peças representam uma forma de Lopes-Graça assinalar acontecimentos festivos, desde bodas a aniversários, oferecendo a música que compusera para a ocasião a amigos e familiares. Podemos agrupá-las em quatro categorias, segundo as ocasiões a que se destinavam: as dedicadas a crianças, mais curtas e de carácter didáctico – nº 1-4, 13, 15, 19; as escritas para festejar o aniversário de jovens, três dos quais pianistas – nº 9, 10, 16, 18 (aqui faz-se sentir de forma especial a generosidade de Lopes-Graça se pensarmos no que uma dedicatória sua representava para um jovem pianista); as escritas para comemorar casamentos de amigos, para uma inauguração e para um jantar – nº 5-8, 14, 17, 21; finalmente, as que celebram aniversários de velhos amigos e do irmão do compositor, já no ocaso das suas vidas – nº 11, 12, 20, 22, 23.

    Apesar do seu carácter circunstancial e espontâneo, ou por causa dele, as Músicas Festivas são obras de particular interesse na produção de Fernando Lopes-Graça. Desde logo por nos permitirem, porventura de uma forma mais evidente do que em obras de maior fôlego ou maturação, um vislumbre privilegiado do seu ofício de compositor. De facto, nelas se revela a forma como desenvolve e reaproveita, de diferentes maneiras e em diferentes épocas, ideias que ia guardando na gaveta da sua banca de trabalho – veja-se, a título de exemplo, a forma como o mesmo material é trabalhado nas nº7 e 16. Percorrendo-as, podemos acompanhar Lopes-Graça no seu mester, no seu labor, na sua constante procura, em relação íntima com o piano.

    Permitem-nos ainda as Músicas Festivas o interessante exercício de, num mesmo ciclo de peças, acompanhar a evolução da escrita do compositor ao longo de mais de três décadas, numa diversidade e riqueza de registos e de níveis que vai desde a peça de pendor didáctico mais simples até à mais densa e rica virtuosidade. Cada uma das obras parece captar de forma magnífica a essência dos seus dedicatários ou da ocasião a que se destinava, havendo, para além do carácter obviamente jubilatório, lugar para um grande lirismo, tão característico do compositor, nas várias secções contrastantes que se vão encadeando sem interrupção, como que num improviso.

    Em Abril de 1994, meses antes da sua morte, no mesmo gabinete onde trabalhava desde 1962, ano da primeira Música Festiva, Lopes-Graça acaba de compor a sua última obra – a Música Festiva nº23. Assim se encerrava, significativamente, com o gesto da oferta de uma Música Festiva a um “grande camarada e amigo”, o percurso de um vulto maior da música e da cultura, feito da mais profunda coerência artística e humana.

     

    João Espírito Santo
    Pianista e musicólogo
    Outubro 2012

    Lopes-Graça | Músicas Festivas Vol.2

    • CD 1
    • 01 Músicas Festivas: nº15 Para os três anos da Catarina
    • 02 Músicas Festivas: nº16 Para os 15 anos do João Espírito Santo
    • 03 Músicas Festivas: nº17 Para um concívio com jovens amigos
    • 04 Músicas Festivas: nº18 Para os 18 anos do Miguel Borges Coelho
    • 05 Músicas Festivas: nº19 Para os 3 anos do meu sobrinho-neto Jorge Miguel
    • 06 Músicas Festivas: nº20 Para os 70 anos de Vasco Gonçalves
    • 07 Músicas Festivas: nº21 Para as bodas do José Pedro e da Paula
    • 08 Músicas Festivas: nº22 Para os 66 anos do caríssimo Dr. Jacinto Simões
    • 09 Músicas Festivas: nº23 Nos 80 anos do grande camarada e amigo Álvaro Cunhal
    • 10 Nove Danças Breves: Allegro moderato
    • 11 Nove Danças Breves: Non troppo mosso
    • 12 Nove Danças Breves: Allegretto
    • 13 Nove Danças Breves: Moderato
    • 14 Nove Danças Breves: Moderato
    • 15 Nove Danças Breves: Allegro ma non troppo
    • 16 Nove Danças Breves: Allegro
    • 17 Nove Danças Breves: Allegretto semplice
    • 18 Nove Danças Breves: Molto moderato ed assai ritmato

    Opiniões dos nossos clientes Lopes-Graça | Músicas Festivas Vol.2

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Características detalhadas

    Ano de Edição

    2013

    Número de Discos

    1