Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz

    • Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz_0
    Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Capivara

      Ver todas as características

    • Este volume reúne toda a correspondência amorosa trocada entre Fernando Pessoa e sua única namorada, Ofélia Queiroz, de 1919 a 1935, com 156 cartas inéditas. Foi uma história de amor discreta, que poderia ter permanecido totalmente esquecida se Fernando e Ofélia não tivessem guardado por toda a vida as quase 350 cartas, cartões-postais, bilhetes e telegramas trocados entre eles. Ofélia tem 19 anos e Fernando, 31, quando o namoro começa. Ela é uma moça inteligente e viva, apaixonada pelo poeta, de quem espera uma proposta de... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  48 €
    • 1 novo desde 161,54 €  
    • Todas as ofertas
      • 161,54 € Custos de envio +14,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        CulturaBrasil
        (2134)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz

    Este volume reúne toda a correspondência amorosa trocada entre Fernando Pessoa e sua única namorada, Ofélia Queiroz, de 1919 a 1935, com 156 cartas inéditas. Foi uma história de amor discreta, que poderia ter permanecido totalmente esquecida se Fernando e Ofélia não tivessem guardado por toda a vida as quase 350 cartas, cartões-postais, bilhetes e telegramas trocados entre eles. Ofélia tem 19 anos e Fernando, 31, quando o namoro começa. Ela é uma moça inteligente e viva, apaixonada pelo poeta, de quem espera uma proposta de casamento. A jovem lisboeta o afoga em cartas, e chega a assinar - Ofélia 'Pessoa' (quem me dera). Mas também sabe se prestar ao jogo dos heterônimos de Pessoa - A.A.Crosse e Álvaro de Campos são presenças recorrentes nas cartas, e Campos até mesmo assina uma das cartas de Pessoa. A forma epistolar é fundamental nessa relação, com ruptura em 1920 e curta retomada em 1929. Para os admiradores de Fernando Pessoa, a leitura deste livro, no qual todas as imagens dos escritos na sua letra são reproduzidos pela primeira vez, faz reviver cada etapa deste episódio marcante de sua biografia, que humaniza o poeta.

    Características detalhadasFernando Pessoa e Ofélia Queiroz

    OUTRAS OBRAS de Richard Zenith

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz

    Condições de Utilização

    Ver também