Filosofia do Ritmo Portuguesa

Rodrigo Sobral Cunha (Autor) CUNHA, RODRIGO SOBRAL (Autor) Lançado em janeiro de 2011 Edição em Português
    Filosofia do Ritmo Portuguesa_0
    Filosofia do Ritmo Portuguesa
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento janeiro 2011
      Editor Zéfiro
      Coleção Nova Águia

      Ver todas as características

    • Seguido de um estudo de Gaston Bachelard sobre "A Ritmanálise" de Lúcio Pinheiro dos Santos.Porque chamaria Platão, fiel a uma tradição órfica e pitagórica, música à filosofia?
      Partindo da Monadologia rítmica de Leonardo Coimbra e da Ritmanálise de Lúcio Pinheiro dos Santos (que Gaston Bachelard apresentou à Europa e ao Novo Mundo), a ciência poética da razão rítmica atlântica, aberta a todo o saber, surge como um neopitagorismo criacionista que experimenta o universo como permanente invenção de harmonia.

    • Vendido pela Fnac  11,61 €
    • 1 novo desde 12,77 €  
    • 12,90 €
      11,61 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Filosofia do Ritmo Portuguesa

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição Filosofia do Ritmo Portuguesa

    Seguido de um estudo de Gaston Bachelard sobre "A Ritmanálise" de Lúcio Pinheiro dos Santos.

    Porque chamaria Platão, fiel a uma tradição órfica e pitagórica, música à filosofia?
    Partindo da Monadologia rítmica de Leonardo Coimbra e da Ritmanálise de Lúcio Pinheiro dos Santos (que Gaston Bachelard apresentou à Europa e ao Novo Mundo), a ciência poética da razão rítmica atlântica, aberta a todo o saber, surge como um neopitagorismo criacionista que experimenta o universo como permanente invenção de harmonia.

    Características detalhadasFilosofia do Ritmo Portuguesa

    OUTRAS OBRAS de Rodrigo Sobral Cunha

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Filosofia do Ritmo Portuguesa

    Condições de Utilização

    Ver também