Frei Luís de Sousa

Almeida Garrett (Autor) Edição em Português
    • Frei Luís de Sousa_0
    Frei Luís de Sousa

    Venda o seu Frei Luís de Sousa com apenas alguns cliques,
    em fnac.pt

    1. Vende o teu produto
    2. Um cliente compra o teu produto
    3. Envia o teu produto
    4. Recebe o pagamento
    Passar para conta Pro!
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Porto Editora
      Coleção Clássicos

      Ver todas as características

    • Metas Curriculares de Português
      Leitura obrigatória para o 11.º ano de escolaridade

       
      Drama representado pela primeira vez em 1843, publicado em 1844, é considerado a obra-prima do teatro romântico e uma das obras-primas da literatura portuguesa.
      O enredo, inspirado na vida do escritor seiscentista Frei Luís de Sousa, de seu nome secular D. Manuel de Sousa Coutinho, tem como pano de fundo a resistência à dominação filipina.
      Na célebre memória "Ao Conservatório Real" que acompanha a peça, Garrett critica o modo...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  4,95 €
    • 1 novo desde 5,50 €   e 2 usados ou recondicionados desde 3,50 €
    • Todas as ofertas
      • 3,50 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Segunda mão - Em bom estado
        Particular
        Fernanda Brito
        (38)
      • 8 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Segunda mão - Como novo
        Particular
        sandrateixeira
        (44)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Frei Luís de Sousa

    Metas Curriculares de Português
    Leitura obrigatória para o 11.º ano de escolaridade


     


    Drama representado pela primeira vez em 1843, publicado em 1844, é considerado a obra-prima do teatro romântico e uma das obras-primas da literatura portuguesa.


    O enredo, inspirado na vida do escritor seiscentista Frei Luís de Sousa, de seu nome secular D. Manuel de Sousa Coutinho, tem como pano de fundo a resistência à dominação filipina.

    Na célebre memória "Ao Conservatório Real" que acompanha a peça, Garrett critica o modo como na sua época se pretende fazer o drama, com um excesso de violência e de imoralidade, e alega ter desejado "excitar fortemente o terror e a piedade", usando de contenção e simplicidade.

    Características detalhadasFrei Luís de Sousa

    OUTRAS OBRAS de Almeida Garrett

    Ver também