I’m New Here

    I’m New Here_0
    I’m New Here
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Interprete(s) Gil Scott-Heron

      Ver todas as características

    • Disco de quem ainda olha em frente e que questiona todo e qualquer preconceito sobre a idade na música, I’m New Here desafia convenções e expectativas. Paisagens electrónicas que remetem para nomes como os de Burial ou xx, bem como para algum do hip hop mais experimental, convivem com algumas das melhores letras\arranjos\adaptações de que há memória. “Turn around, turn around, turn around/You may come full circle/And be new here/Again” canta Scott-Heron em I’m New Here, assombrosa versão para o original dos Smog de Bill... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  13,99 €
    • 6 novos desde 16,05 €  
    • 13,99 €
      13,99 €

      Encomenda ao editor, entrega em 1 a 2 semanas

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial I’m New Here

    • 5% DESCONTO EM CARTÃO FNAC

    Descrição I’m New Here

    Disco de quem ainda olha em frente e que questiona todo e qualquer preconceito sobre a idade na música, I’m New Here desafia convenções e expectativas. Paisagens electrónicas que remetem para nomes como os de Burial ou xx, bem como para algum do hip hop mais experimental, convivem com algumas das melhores letras\arranjos\adaptações de que há memória. “Turn around, turn around, turn around/You may come full circle/And be new here/Again” canta Scott-Heron em I’m New Here, assombrosa versão para o original dos Smog de Bill Callahan. É só a ponta do icebergue. Em The Crutch, já dentro da cabeça de um junkie de berma da estrada, ouvimos “His eyes half-closed reveal his world of nod/A world of lonely men and no love, no God…”. Pelo meio tempo ainda para samplar Kanye West (On Coming From a Broken Home).


    Resumo I’m New Here

    Conhecido como “the black Bob Dylan”, Gil Scott-Heron é uma das mais importantes vozes da história da música popular.
    Em 1971, então com 23 anos, criou The Revolution Will Not Be Televised, tema maior onde desmantelava por completo a cultura dos anos 70. Mísseis, “Reaganomics” ou o Apartheid nunca mais foram vistos com os mesmos olhos depois de serem alvo do crivo do poeta norte-americano.
    I’m New Here, primeiro álbum de Scott-Heron em 13 anos, traz-nos o mais amargo ser à face da terra. A seu lado Richard Russell, dono da XL e produtor do disco, que, em boa hora, se lembrou de visitar o visionário americano na prisão de Rikers Islands, corria o ano de 2006, com uma proposta para a gravação de um novo registo.

    Características detalhadasI’m New Here

    OUTRAS OBRAS de Gil Scott-Heron

    Faixas do álbum I’m New Here

    Gil Scott-Heron

    I’m New Here

    00:00 00:30
    • 01 Faixas 1
    • 02 Faixas 2
    • 03 Faixas 3
    • 04 Faixas 4
    • 05 Faixas 6
    • 06 Faixas 8
    • 07 Faixas 10
    • 08 Faixas 12
    • 09 Faixas 13
    • 10 Faixas 15

    Ver também