Haruki Murakami

Haruki Murakami é, sem dúvida, um autor de culto, lido por todas as gerações e procurado com especial curiosidade pelos jovens leitores, encontrando-se traduzido em mais de 50 línguas. Sendo um dos escritores japoneses contemporâneos mais divulgado...
Ler Biografia
Haruki Murakami
Haruki Murakami é, sem dúvida, um autor de culto, lido por todas as gerações e procurado com especial curiosidade pelos jovens leitores, encontrando-se traduzido em mais de 50 línguas. Sendo um dos escritores japoneses contemporâneos mais divulgado em todo o mundo, é simultaneamente aplaudido pela crítica, que o considera um dos «grandes romancistas vivos» (The Guardian).
A Casa das Letras editou Kafka à Beira-Mar, Crónica do Pássaro de Corda, Sputnik, Meu Amor, Em Busca do Carneiro Selvagem, Dança, Dança, Dança, A Rapariga Que Inventou Um Sonho, After Dark – Os Passageiros da Noite, A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol, Auto-Retrato do Escritor enquanto Corredor de Fundo, O Elefante Evapora-se, 1Q84, O Impiedoso País das Maravilhas e o Fim do Mundo (distinguido com o prestigiado Prémio Tanizaki), Sono, A Peregrinação do Rapaz Sem Cor, Os Assaltos à Padaria, Ouve a Canção do Vento e Flíper, Norwegian Wood (com uma nova tradução de Maria João Lourenço), Homens sem Mulheres e A Morte do Comendador (volume 1).
Haruki Murakami recebeu vários doutoramentos honoris causa pelas universidades do Havai, Liège e Princeton em reconhecimento da sua obra, recompensada através da atribuição de importantes galardões internacionais, com destaque para os prémios Noma, Tanizaki, Yomiuri, Franz Kafka, Jerusalém e Hans Christian Andersen.