História do Sábio Fechado na sua Biblioteca

Manuel António Pina (Autor) Ilda David (Ilustração) Lançado em abril de 2009 Edição em Português
    História do Sábio Fechado na sua Biblioteca_0
    História do Sábio Fechado na sua Biblioteca
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento abril 2009
      Editor Assírio & Alvim
      Coleção Assirinha

      Ver todas as características

    • A narrativa dramática História do Sábio Fechado na sua Biblioteca foi originalmente escrita para o Pé de Vento, no 30.º aniversário da Companhia, e estreado no Teatro da Vilarinha, no Porto, em Junho de 2008, com encenação de João Luiz.
      Excerto:"Às vezes apetecia ao Sábio não saber qualquer coisa, poder perguntar a alguém qualquer coisa que não soubesse. Por exemplo, poder perguntar as horas; ou “Que dia é hoje?”; ou “Tem passado bem?” a alguém. Mas vivia fechado na sua Biblioteca e não tinha ninguém a quem perguntar nada....
      Ver mais

    • 14,40 €
      12,96 €

      Apenas 2 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial História do Sábio Fechado na sua Biblioteca

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Descrição História do Sábio Fechado na sua Biblioteca

    A narrativa dramática História do Sábio Fechado na sua Biblioteca foi originalmente escrita para o Pé de Vento, no 30.º aniversário da Companhia, e estreado no Teatro da Vilarinha, no Porto, em Junho de 2008, com encenação de João Luiz.


    Excerto:

    "Às vezes apetecia ao Sábio não saber qualquer coisa, poder perguntar a alguém qualquer coisa que não soubesse. Por exemplo, poder perguntar as horas; ou “Que dia é hoje?”; ou “Tem passado bem?” a alguém. Mas vivia fechado na sua Biblioteca e não tinha ninguém a quem perguntar nada. E, mesmo se tivesse, mal acabava de pensar numa pergunta, já sabia a resposta antes que lhe respondessem."

    Características detalhadasHistória do Sábio Fechado na sua Biblioteca

    OUTRAS OBRAS de Manuel António Pina

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES História do Sábio Fechado na sua Biblioteca

    Condições de Utilização

    Ver também