• Store
Jogos de Tabuleiro

A origem de 5 dos jogos de tabuleiro mais famosos de sempre

BlogFNAC3
Por BlogFNAC3
Em 12/08/2019
721
A origem de 5 dos jogos de tabuleiro mais famosos de sempre

Monopoly, Cluedo, Catan, Trivial Pursuit e Twister… todos conhecem e adoram estes jogos de tabuleiro, mas poucos sabem qual a sua origem e as histórias surpreendentes por trás da criação destes jogos!


Monopoly

monopoly (2)Monopoly é provavelmente o jogo de tabuleiro mais popular de sempre e o favorito de muitas pessoas, é quase seguro dizer que toda a gente já jogou, pelo menos, uma vez na vida! No entanto, muitos têm uma ideia errada sobre a origem do jogo e até mesmo sobre o propósito para o qual foi criado.

Atualmente, Monopoly é usado como uma forma de glorificação do capitalismo, um símbolo, até, de um sistema capitalista e imperialista, mas não era, de todo, esse o objetivo do jogo original.

Em 1903, Elizabeth “Lizzie” Magie era uma defensora do movimento que exigia a abolição de todos os impostos em prol de um único imposto sobre propriedade, para que diminuísse a diferença entre os proprietários de terras ricos e os inquilinos de classe trabalhadora. Para tornar estes princípios mais chamativos, Lizzie criou um jogo de tabuleiro chamado “The Landlord’s Game” enquanto crítica ao capitalismo e uma forma de ensinar os perigos do monopólio - o objetivo era ter o máximo de terras possíveis e, à medida que as propriedades disponíveis eram menos e o aluguer se tornava mais caro, os proprietários dos imóveis multiplicavam a sua fortuna, enquanto os restantes jogadores entravam em falência – foi lançado em 1904, tornando-se viral na altura.

No entanto, durante a Grande Depressão em 1929/1930, um homem chamado Charles Darrow descobriu o jogo através de um amigo, criou a sua própria versão e em 1935 vendeu os direitos à empresa de jogos Parker Brothers que foi comprada em 1991 pela Hasbro, ficando reconhecido pela invenção do jogo e ganhando muito com isso – esta é a história mais conhecida sobre a origem de Monopoly e que foi “encoberta” durante muitos anos.

 

Cluedo

 Cluedo

 

A história de Cluedo, o jogo que todos nós já jogámos ou conhecemos pelo menos, começou em 1943, durante a 2ª Guerra Mundial, com Anthony Pratt, um trabalhador de uma fábrica em Birmingham, no Reino Unido.

Pratt inspirou-se em eventos da altura em que havia uma espécie de “party games” em que um grupo de pessoas reunia-se, entre as quais atores e havia sempre um homicídio, em que o objetivo era descobrir quem eram os atores e quem matou a pessoa em questão e como o fez. Como nem toda a gente podia ir a eventos sociais deste género, principalmente durante a guerra, Pratt decidiu criar um jogo com a mesma base, mas que se pudesse jogar em casa, com a ajuda da mulher Elva, que fez o design – nasceu, assim “Murder”.

Em 1944, Pratt e Elva inscreveram o jogo para uma patente e, em 1947, apresentaram o jogo a Waddingtons, uma editora de jogos de tabuleiro e de cartas e venderam-lhes os direitos. Um dos executivos da empresa renomeou o jogo para “Cluedo”, a junção da palavra Clue (dica/pista) com a palavra Ludo (latim para “jogo”).

Cluedo foi, então, lançado oficialmente em 1949, depois de sofrer várias alterações relativamente a personagens, armas e divisões, e tornou-se o jogo que conhecemos atualmente!

 

Catan

Catan

 

Klaus Teuber foi o responsável pela origem de Catan – apesar do seu trabalho num laboratório dentista na Alemanha, sempre gostou de criar e desenvolver jogos, para que as pessoas criassem uma ligação e fortalecessem laços, tendo uma carreira de sucesso enquanto criador de jogos de tabuleiro, mesmo antes da criação de Catan.

Foi através do interesse de Klaus pelos Viking que nasceu Catan – inspirou-se na forma como eles chegaram à Islândia, pois precisavam de madeira, casas, entre outros materiais! Ele testou várias versões do jogo com a família, principalmente com os filhos Benny e Guido durante 4 anos até, finalmente, se decidir pelo tabuleiro com espaços hexagonais a que nos habituámos e tanto gostamos!

 

Trivial Pursuit

Trivial Pursuit


Antes da criação de Trivial Pursuit, existia um estigma relativamente a jogos de tabuleiro, pois não era “aceitável” adultos jogarem. Após se aperceberam disto, no início dos anos 80, Chris Haney e Scott Abbott criaram um protótipo de um jogo que não tinha nada a ver com o que havia no mercado: um jogo para adultos com perguntas sobre arte, desporto, história e entretenimento.

Assim, Chris e Scott procuraram e investigaram em livros e criaram uma compilação de perguntas para colocarem em cartões, e facilmente arranjaram investidores suficientes para conseguirem lançar o jogo independentemente e em, em 1983, a produtora de jogos de tabuleiro Selchow and Righter compraram os direitos. Trivial Pursuit vendeu cerca de 20 milhões de cópias no primeiro ano, provando que jogos de tabuleiro também podem ser uma forma de entretenimento para adultos!

 

Twister

Twister

 

Twister nasceu na década de 60 quando um designer de uma agência, Reyn Guyer, estava a trabalhar num projeto de promoção de um dos seus clientes que, por acaso, era uma empresa de sapatos e teve a ideia de adaptar o seu projeto ao formato de jogo, ao qual deu o nome de “King’s Footsie”.

Guyer percebeu que a sua ideia tinha potencial e começou a apresentá-la a editoras e fabricantes de jogos, fazendo algumas alterações: mudou o nome do jogo para “Pretzel” e, agora, os jogadores, para além dos pés, tinham que usar as mãos também.

Quando apresentou o protótipo à Milton Bradley, a companhia comprou o jogo e alterou o nome para “Twister” – tal como hoje em dia, e foi, assim, o primeiro jogo inventado em que os jogadores tinham que usar o corpo.


A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore