• Loja
  • Blog FNAC
Cinema / Séries

La La Land: uma cidade de estrelas e um coração cheio de música

ExpertFnac
Por ExpertFnac
Em 26/01/2017
417
La La Land: uma cidade de estrelas e um coração cheio de música

destaque 

Damien Chazelle, um jovem realizador-revelação de apenas 32 anos, está gradualmente a tornar-se um dos big shots de Hollywood. Depois do gigantesco sucesso de Whiplash – o seu primeiro filme – eis que, dois anos depois, nos chega La La Land – histórico vencedor de 7 Globos de Ouro, nomeado para 11 BAFTAs e o provável vencedor do Óscar de Melhor Filme de 2017.

Como é natural nesta altura, há muito alvoroço em torno do filme mais nomeado para os Óscares. La La Land tem 14 nomeações – igualando assim o recorde estabelecido por All About Eve e Titanic –, um facto que lhe confere, desde já, um estatuto de histórico. Contudo, o que se passa em La La Land não é só fogo de vista para uma award season bem passada – La La Land é um dos filmes mais bem realizados, filmados e contados dos últimos anos, é puro cinema e é uma música de amor dedicada a todos os musicais.

Eis uma lista de razões que fazem deste filme um acontecimento imperdível (e uma ida obrigatória a uma sala de cinema):


damienA deslumbrante visão de Damien Chazelle 

O principal responsável pelo acontecimento que é La La Land é sem sombra de dúvida o seu realizador. Este podia ser apenas mais um musical, mais uma história de amor, mas Chazelle transforma cada momento deste filme em algo mais – algo especial. La La Land encontra um balanço perfeito, sendo um filme que tem tanto de homenagem como de revolucionário – muito pela forma como Chazelle se serve das inúmeras referências a outros clássicos do género para contar a sua própria história com as suas próprias personagens. As cores, as texturas, o caminho da câmara, tudo isso contribui tanto para a magia de La La Land como os fabulosos atores que cantam, dançam e deslumbram.


ryanRyan Gosling prova ser um verdadeiro artista 

Há uma cena num bar. Pianista sentado, piano ao rubro. Ryan Gosling parece vindo de outra dimensão. As suas mãos varrem o teclado com um empenho surreal, levadas por uma convicção intermitente entre suavidade e agressividade, sentimento e profissionalismo – é como se ele nem estivesse ali, como se ele, o piano e a música se fundissem naquele plano. Ele toca, ele dança, ele canta… Tudo indica que a disputa para o Óscar para Melhor Ator Principal ocorrerá entre Casey Affleck (Manchester by the Sea) e Denzel Washington (Fences), mas Ryan Gosling poderia ser um digno e justo vencedor. 


emma


O olhar de Emma Stone 

Muito do peso da história de La La Land depende dos olhos de Emma Stone. Não falamos apenas do efeito quase cénico que aquele tom de azul representa, mas também da forma como ela olha para aquilo que Gosling representa: um grito de criatividade, genuíno, nu e cru – tal como um súbito solo de piano numa banda de jazz. 

 


Fotografia, Música e Magia

A primeira sequência chega para percebermos para o que vamos. Um longuíssimo plano contínuo (ou com cortes genialmente disfarçados) que reúne uma série de condutores que abandonam os seus veículos em plena auto-estrada em Los Angeles – pessoas que celebram “Mais um dia de Sol!”, apesar de ser inverno. 


dance


Todas as cenas parecem pensadas e executadas com regra e esquadro: há inúmeros planos contínuos, que incluem tarefas muito exigentes para os atores – dançar, cantar, tocar piano –, a imagética é um ténue degrau entre a realidade e o imaginário – um detalhe que transporta uma identidade única ao filme – e a música é simplesmente perfeita. Não falamos apenas das letras e da forma como estas enriquecem a narrativa, mas também do ritmo, os instrumentos e, claro, a genialidade de Justin Hurwitz, o compositor da banda sonora. A música dele e as palavras e visão de Chazelle, juntos, geram o mood perfeito para esta cidade de estrelas.


A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore
1 relacionado
BSO La La Land

BSO La La Land

Justin Hurwitz, Vários/BSO CD | CD Álbum | Interscope | a partir de :13,29 €
Atenção Ocorreu um erro, por favor, tenta novamente mais tarde.