Liberdade

Jonathan Franzen (Autor) Lançado em abril de 2011 Edição em Português
    Liberdade_0
    Liberdade
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento abril 2011
      Editor Dom Quixote
      Coleção Ficção Universal

      Ver todas as características

    • Patty e Walter Berglund foram sempre os precursores na velha St. Paul – os aburguesados, os pais interactivos, os avant-garde da geração de alimentos biológicos. Patty era o tipo ideal de vizinha, que nos podia dizer onde reciclar as pilhas e como conseguir que a polícia local fizesse mesmo o seu trabalho. Era uma mãe invejavelmente perfeita, e a mulher dos sonhos do seu marido Walter. Juntamente com ele – advogado ambientalista, ciclista e utilizador de transportes públicos, homem de família dedicado –, Patty estava a... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  24,93 €
    • 2 novos desde 27,60 €  
    • 27,70 €

      Disponível

      Envio com Tracking : 3,50 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      Gomes Books
      (Vendedor profissional)
      4604 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Portugal Continental
      Prazo médio de entrega
      Entre 2 e 3 dias úteis
      Taxa de aceitação
      99,36%
      Todas as ofertas
      • 27,70 € Custos de envio +3,50 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (4604)
      • 27,60 € Custos de envio +4,44 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Oceanum
        (2550)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Liberdade

    Patty e Walter Berglund foram sempre os precursores na velha St. Paul – os aburguesados, os pais interactivos, os avant-garde da geração de alimentos biológicos. Patty era o tipo ideal de vizinha, que nos podia dizer onde reciclar as pilhas e como conseguir que a polícia local fizesse mesmo o seu trabalho. Era uma mãe invejavelmente perfeita, e a mulher dos sonhos do seu marido Walter. Juntamente com ele – advogado ambientalista, ciclista e utilizador de transportes públicos, homem de família dedicado –, Patty estava a fazer a sua pequena parte para construir um mundo melhor.

    No seu primeiro romance depois de "Correcções", Jonathan Franzen dá-nos um épico contemporâneo do amor e do casamento. "Liberdade" capta, cómica e tragicamente, as tentações e os fardos da liberdade: a excitação da luxúria adolescente, os compromissos abalados da meia-idade, as vagas da expansão suburbana, o enorme peso do império. Ao seguir os erros e alegrias dos personagens de "Liberdade", enquanto lutam para aprender a viver num mundo cada vez mais confuso, Franzen produziu um retrato inesquecível e profundamente comovente dos nossos tempos.

    «Liberdade é o romance do ano e do século. É um clássico moderno.»
    The Guardian

    «Tal como o seu anterior, Correcções, o novo romance de Jonathan Franzen, Liberdade, é uma obra-prima da ficção americana.»
    The New York Times Book Review

    «Liberdade compete por um lugar ao lado das grandes realizações dos seus antecessores, e não dos seus contemporâneos (...). É o primeiro grande romance americano da era pós-Obama.»
    Daily Telegraph

    «O principal romance sobre o quotidiano.»
    Time

     

    Jonathan Franzen nasceu em 1959 no Illinois e vive em Nova Iorque.  Foi considerado pela Granta e pelo The New Yorker como um dos melhores romancistas norte-americanos com menos de quarenta anos. Poucas obras conseguiram um reconhecimento da crítica e do público tão unânime como "Correcções", que teve mais de um milhão de leitores nos EUA, foi classificado como obra-prima e como «o grande romance do século». Com "Correcções" obteve ainda o National Book Award 2001 e o James Tait Black Memorial Prize 2002. Em 2010, o romance "Liberdade" surgiu em todos os jornais e revistas como o livro do ano. Oprah Winfrey e Barack Obama recomendaram-no vivamente e juntaram-se assim a uma extensa lista, encabeçada pelo The New York Times, que considera este romance uma «obra-prima da ficção americana». Em Agosto, Franzen foi capa da revista Time – uma honra que não era concedida a um autor vivo há uma década.

    Resumo Liberdade

    No seu primeiro romance depois de Correcções, Jonathan Franzen dá-nos um épico contemporâneo do amor e do casamento. Liberdade capta, cómica e tragicamente, as tentações e os fardos da liberdade: a excitação da luxúria adolescente, os compromissos abalados da meia-idade, as vagas da expansão suburbana, o enorme peso do império. Ao seguir os erros e alegrias dos personagens de Liberdade, enquanto lutam para aprender a viver num mundo cada vez mais confuso, Franzen produziu um retrato inesquecível e profundamente comovente dos nossos tempos. Patty e Walter Berglund foram sempre os precursores na velha St. Paul - os aburguesados, os pais interactivos, os avant-garde da geração de alimentos biológicos. Patty era o tipo ideal de vizinha, que nos podia dizer onde reciclar as pilhas e como conseguir que a polícia local fizesse mesmo o seu trabalho. Era uma mãe invejavelmente perfeita, e a mulher dos sonhos do seu marido Walter. Juntamente com ele - advogado ambientalista, ciclista e utilizador de transportes públicos, homem de família dedicado -, Patty estava a fazer a sua pequena parte para construir um mundo melhor.

    Características detalhadasLiberdade

    CARACTERÍSTICAS DO EBOOK

    • Formato ePub
    • Editor D. QUIXOTE
    • Data de lançamento abril 2018
    • EAN 9789722064989
    QUE FORMATO PARA O MEU EBOOK?

    OUTRAS OBRAS de Jonathan Franzen

    2/5
    • 1
      0
    • 2
      1
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      0
    Opiniões Verificadas
    2 Abaixo do expéctavel. Publicado em 28 jun 2018

    Se este é o melhor romance Americano da era pós Obama, o que dizer dos outros. Pobre.


     Este comentário foi útil?