Livres e Iguais

Ana Maria Magalhães (Autor) ALCADA, ANA MAGALHAES E ISABE (Autor) Isabel Alçada (Autor) Ana Seixas (Ilustração) Os Direitos Humanos na Escola Lançado em novembro de 2018 Edição em Português
    • Livres e Iguais_0
    Livres e Iguais

    Venda o seu Livres e Iguais com apenas alguns cliques,
    em fnac.pt

    1. Vende o teu produto
    2. Um cliente compra o teu produto
    3. Envia o teu produto
    4. Recebe o pagamento
    Passar para conta Pro!
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento novembro 2018
      Editor IMPRENSA NACIONAL
      Coleção Infantojuvenil

      Ver todas as características

    • «Ninguém pode ser arbitrariamente preso» interveio Xavier para defender os colegas do castigo decretado pela professora que lhes sentenciou ficarem presos na aula, durante o período do recreio. «Não é preciso mais para saudar a contribuição desta "estória" sobre a aprendizagem de direitos humanos. Apesar de serem inerentes à própria dignidade humana, não nascemos ensinados em direitos humanos. A grande lição é a de que os direitos humanos têm a ver com a nossa vida quotidiana em contexto social. E para os defender, temos de... Ver mais

    • 10 €
      9 €

      Em stock online

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Livres e Iguais

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Mais Informações Livres e Iguais

    «Ninguém pode ser arbitrariamente preso» interveio Xavier para defender os colegas do castigo decretado pela professora que lhes sentenciou ficarem presos na aula, durante o período do recreio.

    «Não é preciso mais para saudar a contribuição desta "estória" sobre a aprendizagem de direitos humanos.

    Apesar de serem inerentes à própria dignidade humana, não nascemos ensinados em direitos humanos. A grande lição é a de que os direitos humanos têm a ver com a nossa vida quotidiana em contexto social. E para os defender, temos de os conhecer.»

    Características detalhadasLivres e Iguais

    OUTRAS OBRAS de Ana Maria Magalhães