Abril a Quatro Mãos | Grândolas

    • Abril a Quatro Mãos | Grândolas_0
    Abril a Quatro Mãos | Grândolas
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Ver todas as características

    • Mário Laginha e Bernardo Sassetti relêem não seis mas dez canções relacionadas com a Revolução dos Cravos e outras revoluções.De Venham Mais Cinco a Grândola Vila Morena, de We Shall Overcome à própria Internacional, alguns dos hinos que nos habituámos a ouvir na sua versão standardizada e muito composta são aqui reformulados por dois dos mais talentosos pianistas portugueses." Este disco tem muita abertura de espírito, e só podia ser assim. Afinal, é de liberdade que estamos a falar"Bernardo Sassetti"O Zeca Afonso é... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  9,59 €
    • 1 novo desde 12,61 €  
    • Todas as ofertas
      • 12,61 € Custos de envio +1,49 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Silver
        (7356)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Abril a Quatro Mãos | Grândolas

    Mário Laginha e Bernardo Sassetti relêem não seis mas dez canções relacionadas com a Revolução dos Cravos e outras revoluções.

    De Venham Mais Cinco a Grândola Vila Morena, de We Shall Overcome à própria Internacional, alguns dos hinos que nos habituámos a ouvir na sua versão standardizada e muito composta são aqui reformulados por dois dos mais talentosos pianistas portugueses.

    " Este disco tem muita abertura de espírito, e só podia ser assim. Afinal, é de liberdade que estamos a falar"

    Bernardo Sassetti

    "O Zeca Afonso é devastador. O potencial da sua música é tão grande que tudo parece possível"

    Mário Laginha

     

    Há uma década, em Março de 2004, Bernardo Sassetti e Mário Laginha sentaram-se em dois pianos nos estúdios de Paço d'Arcos do Valentim de Carvalho, começaram a tocar depois de almoço e acabaram às quatro da manhã. «No fim - contou então Bernardo Sassetti - estávamos muito cansados, mas também muito satisfeitos. Foi um suspiro de alívio e de contentamento.»

    Concluído e pronto a ser editado ficara o CD «Seis Canções a Dois Pianos nos Trinta Anos de Abril» editado semanas depois incluído no álbum «Grândolas», todo ele dedicado à história das várias canções directamente ligadas ao 25 de Abril. Logo nesssa altura, em entrevista a João Miguel Tavares no «Diário de Notícias», este perguntava: «O vosso disco sai agora nesta caixa. Colocam a hipótese de o lançarem individualmente?», os dois pianistas admitiam ser hipótese a considerar. Dez anos decorridos, ela aí está, uma concretização que de todo se justifica: quarenta anos passam agora sobre o 25 de Abril, a edição do álbum «Grândolas» está completamente esgotada e entretanto a música portuguesa ficou mais pobre ao silenciar-se o enorme talento de Bernardo Sassetti.

    A entrevista de João Miguel Tavares (que, aliás, é integralmente reproduzida no booklet da edição da CNM agora lançada) narra em pormenor as circunstância em que o registo das seis canções foi realizado, reunindo naturalmente os temas essenciais de Zeca Afonso («devastador», qualifica-o Mário Laginha), bem como «E Depois do Adeus», que acompanhou «Grândola» como sinal daquela madrugada de 1974, mas também quatro outras melodias que integram o cancioneiro mundial dos movimentos revolucionários. Na mesma entrevista, conta Sassetti: «Foi muito engraçado porque estas melodias prestam-se imenso à música que nós fazemos. Nós temos os dois uma apetência melódica muito grande, gostamos de partir para as nossas próprias melodias a partir das originais e quase todos os temas (de músicas revolucionárias) que estavam naqueles dois discos (compilados por Ruben de Carvalho, que coordenara a edição de 2004) se prestavam a ser arranjados por nós».

    Um disco de jazz? Mário Laginha responde: «Também é. Mas não é um disco de jazz tradicional, mainstream. Acho contudo que respira o princípio do jazz do princípio ao fim.»

    O CD «Abril a Quatro Mãos» (reproduzindo integralmente a primeira edição) coloca novamente no mercado uma das mais originais abordagens do património musical da Revolução dos Cravos.

    Escolhas dos nossos vendedores

    Nuno Gomes FNAC Coimbra

    Mário Laginha - Bernardo Sasseti. Grandôlas

    O álbum "Abril a Quatro Mãos-Grândolas", gravado em 2004 pelos pianistas Mário Laginha e Bernardo Sassetti, é uma reedição, acompanhada por entrevistas dadas pelos dois pianistas em Maio de 2004. Saliento o espirito de liberdade com que gravaram permitindo assim a reinvenção dos temas.

    Pedro Silva FNAC MarShopping

    Mario Laginha e Benardo Sassetti. Abril a Quatro Mãos

    Este álbum reúne interpretações, pelos dois músicos de canções diretamente relacionadas com a revolução. Resulta de um desafio do musicólogo Ruben de Carvalho, nos 30 anos do 25 de Abril. Nele podemos ouvir temas como, Venham mais cinco, E depois do adeus e Canto Moço, entre outros.

    Ana Afonso FNAC Braga

    Mário Laginha e Bernardo Sassetti. Abril a 4 Mãos / Grândolas

    Os talentosos pianistas Mário Laginha e Bernardo Sassetti reinterpretam os temas mais marcantes do 25 de Abril. Uma homenagem à liberdade e às músicas de José Afonso...

    Características detalhadasAbril a Quatro Mãos | Grândolas

    OUTRAS OBRAS de Mário Laginha

    Faixas do álbum Abril a Quatro Mãos | Grândolas

    Mário Laginha, Bernardo Sassetti

    Abril a Quatro Mãos | Grândolas

    00:00 00:30
    Título Duração
    • 01 Venham mais Cinco
    • 02 Era um Redondo Vocábulo
    • 03 E Depois do Adeus
    • 04 Canto Moço
    • 05 Internacional
    • 06 Traz Outro Amigo Também
    • 07 Life on the Ocean Wave
    • 08 Los 4 Generales
    • 09 We Shall Overcome
    • 10 Grândola Vila Morena

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Abril a Quatro Mãos | Grândolas

    Condições de Utilização

    Ver também