Memória Doutro Rio

Eugénio de Andrade (Autor) Lançado em outubro de 2014 Edição em Português
    Memória Doutro Rio_0
    Memória Doutro Rio
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento outubro 2014
      Editor Assírio & Alvim
    • Publicado pela primeira vez em 1978, terra e infância impõem-se neste livro como mito de uma idade passada, memória doutro rio, sob a forma de poema em prosa. Como nos diz Fernando Guimarães, no prefácio a esta edição, «"Memória Doutro Rio", que foi publicado em 1978, recolhe 51 poemas em prosa. Note-se desde já que os poemas em prosa no caso deste livro podem ser mesmo considerados apenas como poemas, porque neles há uma intensificação expressiva, uma concentração de figuras, desde a imagem à metáfora, e um ritmo que... Ver mais

    • 11 € 9,90 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 30 €

      Ver stock em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • Levantamento
      gratuito em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Devoluções
      gratuitas em loja

    1 oferta especial Memória Doutro Rio

    • PROMOÇÃO EXCLUSIVA ONLINE: PNL
    PROMOÇÃO PLANO NACIONAL DE LEITURA:
    10% desconto em livros do Plano Nacional de Leitura.Promoção Exclusiva Online, válida de 1 janeiro a 31 dezembro 2020.
    Limitado ao stock existente, aplicável apenas a artigos vendidos pela Fnac.pt (exclui Marketplace e eBooks) e não acumulável com outras promoções nem com descontos Cartão Fnac.

    Avaliação da FNAC

    Publicado pela primeira vez em 1978, terra e infância impõem-se neste livro como mito de uma idade passada, memória doutro rio, sob a forma de poema em prosa. Como nos diz Fernando Guimarães, no prefácio a esta edição, «"Memória Doutro Rio", que foi publicado em 1978, recolhe 51 poemas em prosa. Note-se desde já que os poemas em prosa no caso deste livro podem ser mesmo considerados apenas como poemas, porque neles há uma intensificação expressiva, uma concentração de figuras, desde a imagem à metáfora, e um ritmo que dispensa essa distinção um pouco especiosa. Na obra do poeta aparece mais um livro com poemas em prosa, "Vertentes do Olhar", e um relativamente longo poema também em prosa no final de "Rente ao Dizer", o qual se intitula "Cântico". Os dois livros citados e este poema situam-se, na obra de Eugénio de Andrade, entre 1978 e 1992. No entanto, já num livro de 1950, "Os Amantes Sem Dinheiro", aparece como seu limiar um texto em prosa que ganha uma entonação memorialista, o que, como veremos, irá atingir uma maior amplitude mais tarde. Será sem dúvida no presente livro, isto é, cerca de trinta anos depois.»

    Opiniões dos nossos clientes Memória Doutro Rio

    Sê o primeiro a dar
    a tua opinião sobre este produto

    Dar opinião ✔ A tua opinião foi gravada

    Saber tudo sobre

    Eugénio de Andrade

    Autor
    Descobre o melhor de Eugénio de Andrade, todas as suas novidades, artigos relacionados em todos os formatos (albuns, Livros, DVD, etc...).

    Outras obras de Eugénio de Andrade

    Características detalhadas

    Data de lançamento

    outubro 2014

    EAN

    978-9723717921

    ISBN

    9789723717921

    Dimensões

    14,5 x 20,5 cm

    Nº Páginas

    80

    Encadernação

    Capa mole

    PNL Idade

    15-18 anos

    PNL Nível de Leitura

    Leitura Fluente