Ministério do Trabalho - 100 Anos 1916-2016

Fernando Rosas (Autor) Maria Alice Samara (Autor) Lançado em janeiro de 2017 Edição em Português
    Ministério do Trabalho - 100 Anos 1916-2016_0
    Ministério do Trabalho - 100 Anos 1916-2016
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento janeiro 2017
      Editor Tinta da China

      Ver todas as características

    • Em Março de 1916 foi fundado em Portugal o Ministério do Trabalho e Previdência Social, que antes e depois dessa data enfrentou diferentes tipos de oposição e de defesa, passou por uma extinção e apresentou diferentes modelos estruturais antes de chegar ao actual.
      Implantou-se na conjuntura da I Guerra Mundial, desenvolveu- se em linha com o consenso internacional do primeiro pós-guerra em torno da «questão social», e respondeu a um novo dinamismo do movimento operário. O Ministério do Trabalho, agora com 100 anos —...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  14,31 €
    • 1 novo desde 15,90 €  
    • 15,90 €
      14,31 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Ministério do Trabalho - 100 Anos 1916-2016

    • Vantagem Aderente: 10% Desconto imediato
    10% desconto imediato em livros
    O Cartão Fnac dá-te 10% desconto imediato sobre o preço de editor, não acumulável com outras promoções.

    Mais Informações Ministério do Trabalho - 100 Anos 1916-2016

    Em Março de 1916 foi fundado em Portugal o Ministério do Trabalho e Previdência Social, que antes e depois dessa data enfrentou diferentes tipos de oposição e de defesa, passou por uma extinção e apresentou diferentes modelos estruturais antes de chegar ao actual.
    Implantou-se na conjuntura da I Guerra Mundial, desenvolveu- se em linha com o consenso internacional do primeiro pós-guerra em torno da «questão social», e respondeu a um novo dinamismo do movimento operário.

    O Ministério do Trabalho, agora com 100 anos — comemoração a que se associa este livro —, atravessou a instabilidade da I República, andou entre o sidonismo e a escalada de Monsanto, e fixou, logo nesses primeiros tempos, as primeiras linhas de leis fundamentais, como as oito horas de trabalho diário ou os primeiros passos dos bairros sociais. É essa memória colectiva que aqui se regista.

    «O período máximo de trabalho diário, quer seja diurno, nocturno ou misto, dos trabalhadores e empregados do Estado, das corporações administrativas, do comércio e da indústria, com excepção dos rurais e domésticos, do continente da República e ilhas adjacentes, não poderá ultrapassar as oito horas por dia, nem 48 horas por semana.»
    Decreto n.º 5516 de 7 de Maio de 1919

    Características detalhadasMinistério do Trabalho - 100 Anos 1916-2016

    OUTRAS OBRAS de Fernando Rosas

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Ministério do Trabalho - 100 Anos 1916-2016

    Condições de Utilização