• Store
Vinil

9 dicas para cuidares dos teus discos de vinil

BlogFNAC3
Por BlogFNAC3
Em 22/04/2019
822
9 dicas para cuidares dos teus discos de vinil

 

Se és colecionador de discos de vinil ou simplesmente preferes ouvir as tuas músicas preferidas neste formato que nunca passa de moda, a FNAC tem algumas dicas para tirares o melhor proveito dessa experiência!


Capa


1. Evitar tocar no vinil

 

Os nossos dedos contêm sujidade e poeiras, por isso, deves segurar sempre no vinil pelas bordas ou pela etiqueta, com o dedo polegar na lateral e os restantes dedos apoiados na etiqueta. Assim evitas que o som do vinil se danifique!

 

 Tocar no vinil

 

2. Limpar o vinil

 

Limpar o vinil regularmente, bem como o prato do gira-discos, é fundamental! Podes utilizar água e detergente neutro, de forma a eliminar toda a sujidade que pode ser prejudicial para o vinil.

 

 Tonar Spary Limpeza para Vinil - 0,5 l

 

Se não queres arriscar, a FNAC tem um kit e spray de limpeza que vai deixar o gira-discos e o vinil sujidade free!

 

 Kit de Limpeza Madison para Disco Vinil

 

 

 

3. Não empilhar os discos – sempre na vertical!

 

Empilhar os discos de vinil é um dos piores erros que podes cometer! O material do disco corre o risco de se riscar, entortar ou mesmo quebrar, devido ao peso e pressão feita sobre ele! A melhor forma de guardar os vinis é na vertical e, de preferência, sem muito espaço entre eles.

 

Vinil vertical 

 

4. Diz não ao calor e à humidade!

 


Os vinis devem estar guardados em lugares arejados, frescos, com pouca humidade e sem calor. A exposição ao calor pode levar à deformação dos discos, deixando-os mais propensos a rachar ou mesmo a partir. Armazenar vinis em sítios húmidos pode levar ao aparecimento de fungos que podem destruir as capas, e deixar os discos mais frágeis.

 

 Sem calor e humidade

 

5. Utilizar plásticos para guardar os vinis

 

Deves guardar os discos dentro de um plástico protetor e colocá-los dentro das respetivas capas, também revestidas por plástico, de forma a proteger os vinis. Ainda, os plásticos internos devem ser trocados regularmente para evitar a acumulação de pó.

 

 Capa de Vinil

 

6. Verificar a agulha do gira-discos

 


Deves verificar regularmente a agulha do gira-discos, pois, quando muito usada, pode ganhar faces pontiagudas que podem riscar e danificar o vinil, devendo ser substituída.

 

 Agulha

 

7. Gira-discos e prato giratório nivelados

 


O gira-discos em locais tortos ou com pés desnivelados pode causar uma falha na audição, bem como o seu prato giratório, se não estiver bem nivelado. O braço dos gira-discos deve, também, ter o peso certo, para evitar que estrague a agulha ou o próprio disco.

 

 Gira-discos e prato

 

8. Pré-Amplificadores – fundamental!

 


As agulhas dos gira-discos geram um som fraco, que precisa de ser amplificado e é aí que entra o pré-amplificador. Alguns gira-discos já vêm com um pré-amplificador embutido, mas se não for o caso do teu, é fundamental que tenhas um para melhorar o som do teu gira-discos!

 

 Pré-amplificador

 

9. Amplificadores

 


Há gira-discos que distorcem o som e, nesta situação, uma mesa de som é uma boa solução! Outra opção é ligares uma coluna ao gira-discos para ouvires o som mais alto!


amplificador

A tua nota : Je détesteJe n'aime pasCa vaJ'aimeJ'adore