Não Temos de Ser Alemães

José Matos Torres (Autor) Lançado em agosto de 2014 Edição em Português
    Não Temos de Ser Alemães_0
    Não Temos de Ser Alemães
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento agosto 2014
      Editor Matéria-Prima Edições

      Ver todas as características

    • A atual situação em que nos encontramos não é apenas da responsabilidade do Estado. As empresas e as famílias também se juntaram a este devaneio económico vivido nos últimos anos em que todos nos deixámos iludir por câmbios estáveis e taxas de juro muito baixas.
      Na hora de pagar a fatura fomos acordados para uma dura realidade com sacrifícios para todos. Mas será o caminho seguido o correto?
      Estaremos a caminhar para o tão desejado crescimento económico? Será esta excessiva austeridade em que vivemos a solução?
      José...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  12 €
    • 1 novo desde 15 €  
    • Todas as ofertas
      • 15 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (5020)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição Não Temos de Ser Alemães

    A atual situação em que nos encontramos não é apenas da responsabilidade do Estado. As empresas e as famílias também se juntaram a este devaneio económico vivido nos últimos anos em que todos nos deixámos iludir por câmbios estáveis e taxas de juro muito baixas.
    Na hora de pagar a fatura fomos acordados para uma dura realidade com sacrifícios para todos. Mas será o caminho seguido o correto?
    Estaremos a caminhar para o tão desejado crescimento económico? Será esta excessiva austeridade em que vivemos a solução?
    José Matos Torres defende que não. A austeridade é importante mas só por si não resolverá os problemas estruturais de Portugal.
    O modelo económico a seguir não pode ser desenhado numa folha de excel pelo norte da Europa, como já se provou pelos sucessivos erros de avaliação e de resultados das políticas da troika.
    O crescimento é possível mas passa mais por nós, portugueses e pelas apostas certas do que pelas restrições orçamentais da Alemanha.

    Características detalhadasNão Temos de Ser Alemães

    OUTRAS OBRAS de José Matos Torres

    OPINIÕES DOS NOSSOS CLIENTES Não Temos de Ser Alemães

    Condições de Utilização
    5/5
    • 1
      0
    • 2
      0
    • 3
      0
    • 4
      0
    • 5
      1
    5 Uma agradável surpresa! Publicado em 06 out 2015

    Comprei por acaso, por recomendação de um amigo economista algarvio. À medida que o folheava, apercebi-me que era uma jóia desconhecida. Recomendo vivamente para quem quer ter uma visão diferente do problema, sem qualquer radicalismo, fora da caixa! A sua leitura deveria ser obrigatória em muitos gabinetes políticos...


     Este comentário foi útil?

    Ver também