Noturno Chileno

Roberto Bolaño (Autor) BOLAÑO, ROBERTO (Autor) Lançado em março de 2015 Edição em Português
    • Noturno Chileno_0
    Noturno Chileno
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento março 2015
      Editor Quetzal Editores
      Coleção Série Américas

      Ver todas as características

    • Um romance imprescindível e arrepiante em que o talento de Bolaño brilha em todo o seu esplendor.
      O chileno Sebastián Urrutia Lacroix, padre e crítico literário, membro da Opus Dei e poeta medíocre, rememora a viva voz numa única noite de febre alta os momentos mais importantes da sua vida, convencido de que vai morrer. Assim, aparecem no romance os sinistros senhores Oido e Odeim (anagramas de «ódio» e «medo», em espanhol), que o recrutam para dar aulas de marxismo ao general Pinochet, Ernst Jünger, para as festas de...
      Ver mais

    • 15,50 € 12,40 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial Noturno Chileno

    • PROMOÇÃO FLASH SALES
    PROMOÇÃO FLASH SALES
    Artigo com 20% desconto imediato.
    Consulta a seleção até -70% em artigos de Tecnologia, Livros e Entretenimento.
    Aplicável nos artigos assinalados (exclui Marketplace, eBooks e Pré-Vendas).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os descontos Cartão Fnac.
    Artigos de Tecnologia limitados a 2 unidades por NIF.
    A promoção em Livros é exclusiva online.

    Descrição Noturno Chileno

    Um romance imprescindível e arrepiante em que o talento de Bolaño brilha em todo o seu esplendor.
    O chileno Sebastián Urrutia Lacroix, padre e crítico literário, membro da Opus Dei e poeta medíocre, rememora a viva voz numa única noite de febre alta os momentos mais importantes da sua vida, convencido de que vai morrer. Assim, aparecem no romance os sinistros senhores Oido e Odeim (anagramas de «ódio» e «medo», em espanhol), que o recrutam para dar aulas de marxismo ao general Pinochet, Ernst Jünger, para as festas de María Canales, uma mulher misteriosa em cuja mansão se reúne a nata da cultura chilena em serões artísticos, ao mesmo tempo que na cave, que nenhum dos hóspedes conhece, se desenrolam acontecimentos dignos de filme de um terror e que nas avenidas de Santiago impera o recolher obrigatório.

    «Um escritor extraordinário, um romance – possivelmente o seu melhor romance – inteligente, intenso, misterioso, poético e verdadeiro, que surge do mais profundo das contradições humanas.»
    La Vanguardia

    «Uma maravilhosa torrente de emoção, uma meditação histórica brilhante, uma fantasia que nos cativa. Noturno Chileno é um desses raros e autênticos prodígios: um romance contemporâneo, destinado a ocupar para sempre um lugar na literatura universal.»
    Susan Sontag

    Características detalhadasNoturno Chileno

    OUTRAS OBRAS de Roberto Bolaño

    Ver também