O Bebedor Nocturno

Herberto Helder (Autor) Lançado em abril de 2015 Edição em Português
    • O Bebedor Nocturno_0
    O Bebedor Nocturno
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Data de lançamento abril 2015
      Editor Porto Editora

      Ver todas as características

    • «As palavras não fazem o homem compreender, é preciso fazer-se homem para entender as palavras.»
      Poema Zen, in O Bebedor Nocturno«Desde os anos 60 que se torna evidente o interesse de Herberto Helder por textos oriundos de determinadas culturas que vieram a sofrer grandes mutações, ou de culturas locais, primitivas e anónimas, e que vieram a ser objecto de colonização. Textos, portanto, onde a tradição está sempre presente e é particularmente preservada, mas também ameaçada. São poemas do Antigo Egipto, da Grécia, poemas...
      Ver mais

    • Vendido pela Fnac  13,28 €
    • 1 novo desde 16,60 €  
    • 16,60 € 13,28 €

      Apenas 1 em stock

      Recebe numa morada a partir de 2,50 €

      Em loja

      Levantamento gratuito

      Ver disponibilidade em loja

      Ver todas as opções e detalhes de entrega
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    1 oferta especial O Bebedor Nocturno

    • Promoção 20º Aniversário Fnac.pt
    PROMOÇÃO 20º ANIVERSÁRIO FNAC.PT: Até 50% de desconto imediato em Tecnologia, Livros e Entretenimento.
    Promoção Exclusiva Online, válida de 11 a 14 de novembro 2019.
    Aplicável nos artigos assinalados e vendidos pela Fnac.pt (exclui Marketplace, eBooks e Pré-Vendas).
    Limitado ao stock existente, não acumulável com outras promoções nem com os descontos Cartão Fnac.
    Artigos de Tecnologia limitados a 2 unidades por NIF.
    Portes Grátis para encomendas de valor igual ou superior a 15€ (exclui Marketplace), válido para entregas em Portugal Continental em 1 dia útil ou levantamento nas lojas FNAC.

    Descrição O Bebedor Nocturno

    «As palavras não fazem o homem compreender, é preciso fazer-se homem para entender as palavras.»
    Poema Zen, in O Bebedor Nocturno

    «Desde os anos 60 que se torna evidente o interesse de Herberto Helder por textos oriundos de determinadas culturas que vieram a sofrer grandes mutações, ou de culturas locais, primitivas e anónimas, e que vieram a ser objecto de colonização. Textos, portanto, onde a tradição está sempre presente e é particularmente preservada, mas também ameaçada. São poemas do Antigo Egipto, da Grécia, poemas Zen, arábico-andaluzes, poesia mexicana do ciclo nauatle, poemas esquimós, indochineses, mas também todo um ciclo de textos sagrados como os Salmos do Velho Testamento ou o Cântico dos Cânticos. Os mais recentes livros mostram o mesmo critério, embora o alarguem substancialmente: os textos vêm-nos da Índia, da Austrália, de África e das Américas. A maioria são textos maias e astecas e textos da tradição oral dos diferentes índios da América do Norte, Central e do Sul, como os Navajos e Comanches ou, no Brasil, os Caxinauás e os Guaranis. […] O interesse de Herberto Helder por estas tradições primitivas, não europeias, advém da maneira peculiar como também ele olha o mundo, nele se insere e convive com a linguagem. Nessas tradições, ele encontra a mesma linguagem ritualística, uma vontade de expressão simbólica semelhante e os mesmos valores humanos inseridos numa cosmogonia poética; também a unidade original de todos os elementos da natureza e a ideia de uma metamorfose contínua (nomeadamente por acção do fogo, através de todas as suas manifestações), assim como a imagem do poeta como mago, possuído por uma força animista da linguagem. Todos estes aspectos estão presentes tanto nos textos a traduzir como na poesia própria.»
    Maria Etelvina Santos

    Características detalhadasO Bebedor Nocturno

    • Autor Herberto Helder
    • Editor Porto Editora
    • Data de lançamento abril 2015
    • EAN 978-9720047526
    • ISBN 9789720047526
    • Dimensões 14 x 20 cm
    • Nº Páginas 192
    • Encadernação Cartonado

    OUTRAS OBRAS de Herberto Helder

    Ver também