O Direito à Cidade

Henri Lefebvre (Autor) Edição em Português
    O Direito à Cidade_0
    O Direito à Cidade
    • Resumo
    • Detalhes do artigo
    • Garanties
    • Acessórios incluídos
    • Editor Livraria Letra Livre

      Ver todas as características

    • Poderosas forças tendem a destruir a cidade. Um certo urbanismo, diante de nós, projecta no terreno a ideologia de uma prática que visa a morte da cidade. Estas forças sociais e políticas assolam o urbano em formação. Este germe, muito poderoso à sua maneira, poderá nascer nas fissuras que ainda subsistem entre estas massas: o Estado, a iniciativa privada, a cultura (que deixa morrer a cidade, oferecendo a sua imagem e as suas obras ao consumo), a ciência, ou, sobretudo, a cientificidade (que se coloca ao serviço da... Ver mais

    • Vendido pela Fnac  12,60 €
    • 1 novo desde 14 €  
    • 14 €

      Disponível

      Envio normal : 2,99 €

      Envio com Tracking : 3,50 €

      Envio Contra Assinatura : 4,79 €

      Gomes Books
      (Vendedor profissional)
      3927 venda(s)
      Estado do produto
      Novo
      País de expedição
      Portugal Continental
      Prazo médio de entrega
      Entre 2 e 3 dias úteis
      Taxa de aceitação
      99,67%
      Todas as ofertas
      • 14 € Custos de envio +2,99 €
        Disponível
        Novo
        Pro
        Gomes Books
        (3927)
    • Satisfeito
      ou reembolsado
    • SPV Fnac
      7 dias por semana
    • Devoluções
      gratuitas em loja
    • Pagamentos
      Seguros
    • Levantamento
      gratuito em loja

    Descrição O Direito à Cidade

    Poderosas forças tendem a destruir a cidade. Um certo urbanismo, diante de nós, projecta no terreno a ideologia de uma prática que visa a morte da cidade. Estas forças sociais e políticas assolam o urbano em formação. Este germe, muito poderoso à sua maneira, poderá nascer nas fissuras que ainda subsistem entre estas massas: o Estado, a iniciativa privada, a cultura (que deixa morrer a cidade, oferecendo a sua imagem e as suas obras ao consumo), a ciência, ou, sobretudo, a cientificidade (que se coloca ao serviço da racionalidade existente e a legitima)? A vida urbana poderá recuperar e intensificar as capacidades de integração e de participação da cidade, quase inteiramente desaparecidas, e que não podemos estimular nem pela via autoritária nem por prescrição administrativa, nem pela intervenção dos especialistas? Assim se formula o problema teórico capital.

    Características detalhadasO Direito à Cidade

    OUTRAS OBRAS de Henri Lefebvre

    Ver também